Ponta Grossa e Cascavel também reduzem a tarifa do ônibus. Só falta Gustavo Fruet em Curitiba

Só falta o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, reduzir a tarifa do ônibus; Londrina, Cascavel, Ponta Grossa já o fizeram; Maringá também baixará o preço; várias capitais derrubaram o valor das tarifas depois de isenções federais; no Paraná, governador Beto Richa zerou o ICMS do diesel; curitibanos não entendem porque o prefeito ainda não derrubou o preço da passagem depois de todos esses benefícios concedidos;no dia 21, haverá protesto nas ruas da capital paranaense.

Só falta o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, reduzir a tarifa do ônibus; Londrina, Cascavel, Ponta Grossa já o fizeram; Maringá também baixará o preço; várias capitais derrubaram o valor das tarifas depois de isenções federais; no Paraná, governador Beto Richa zerou o ICMS do diesel; curitibanos não entendem porque o prefeito ainda não derrubou o preço da passagem depois de todos esses benefícios concedidos;no dia 21, haverá protesto nas ruas da capital paranaense.

A pressão pela redução no preço da tarifa ganha o país, depois que o governo federal isentou o transporte coletivo de impostos. Ontem, estudantes transformaram as ruas centrais de São Paulo em praça de guerra.

Os reflexos das manifestações foram sentidos até no Paraná. Em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais, depois de severas críticas, o prefeito Marcelo Rangel (MD) voltou atrás novamente e agora vai baixar a passagem em R$ 0,10 — como havia prometido antes e recuado. Cairá de R$ 2,60 para 2,50.

Em Cascavel, região Oeste, a queda será maior ainda: R$ 0,15. O prefeito Edgar Bueno (PDT) avisa que a redução será de R$ 2,60 para R$ 2,45.

Em Curitiba, no entanto, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) resiste em falar na queda da tarifa. Na capital, mesmo com isenções federais, estadual e municipal, o preço continua em R$ 2,85. No próximo dia 21 de junho, os curitibanos prometem sair à s na 2!ª Farofada! pela redução da tarifa no transporte coletivo.

O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), também baixou o preço da tarifa de R$ 2,45 para R$ 2,35. Ele torceu o nariz para os empresários do setor que chegaram a pedir novo aumento.

Em Natal, capital do Rio Grande do Norte, a tarifa do ônibus baixou de R$ 2,40 para R$ 2,30 depois das desonerações de Dilma.

Em Vitória, capital do Espírito Santo, a isenção do PIS/Cofins para o setor de transportes possibilitou a redução da tarifa para os usuários de R$ 2,45 para R$ 2,40.

O prefeito Artur Virgílio Neto (PSDB), de Manaus, reduziu o preço da passagem de ônibus de R$ 3 para R$ 2,90.

O governo Dilma Rousseff extinguiu impostos como PIS/PASEP e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) no transporte coletivo. O governo Beto Richa também deu sua contribuição para a redução ao eliminar o ICMS do óleo diesel.

Portanto, só falta Fruet reduzir a preço da tarifa. Por que não o faz? Por quê?

14 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Se até o Esmael (cabo eleitoral de fruet e sua turma -Gleisi) está pedindo é pq…
    ACORDA FRUET!!!

  2. Em Curitiba, no próximo dia 21, o movimento denominado “2ª Farofada do Transporte” vai sair às ruas do centro pedindo redução na passagem. O encontro está marcado na Praça Rui Barbosa em Curitiba, às 18 horas.

  3. Benefício de verdade é aquele que o Governo entrega diretamente para o cidadão, sem intermediário, o resto é para deixar alguns setores mais ricos.

  4. Curitiba, só sabe macaquear o que acontece em outras cidades. Vão protestar só depois que outras capitais sairam as ruas. Só Dalton Trevisan para explicar Curitiba.

  5. Acho que já é passada a hora do povo de Curitiba mostrar ao resto do Estado que sabem reivindicar, que não dependem da CUT, UNE ou outro órgão ligado a PT para fazer manifestação, pois se depender de algum destes o povo morre pagando a conta para a PTzada se dar bem.

    Em São Paulo o PT está provando do próprio veneno, tudo que fizeram por décadas, todas as manifestações truculentas, brigas, quebra-quebra encabeçados por PTistas, agora são retribuidos na mesma moeda.

    CHORA PTZADA, 2014 VEM AI E PELO VISTO O POVO BRASILEIRO ESTÁ DE SACO CHEIO DOS DESMANDOS DESSE PARTIDINHO SEM VERGONHA.

    • Quem vai chorar é você em 2014, vai chorar no colo do Traiano, Rossoni e Cia Ltda. A partir de outubro de 2014 já pode ir arrumando as suas trouxas do Palácio Iguaçu, vai acabar a sua mamata de ganhar sem trabalhar.

  6. Tem que reduzir sim pelas isenções de impostos federais, estaduais e pelo repasse do governo do estado de dinheiro para Urbs.
    Abre a caixa preta Fruetinho.
    REDUÇÃO JÁ!

  7. Guarapuava a coisa também não é diferente, o prefeito Cesar Silvestri Filho parece que não saiu mais do seu gabinete, parece estar com vergonha do povo, pois o UOL recentemente fez uma matéria sobre os aumentos abusivos de 80% e 110% para ele e para os secretarios municipais. Está sendo o pior prefeito que Guarapuava já teve, está surpreendo negativamente a cada dia que passa, mas parece que em Guarapuava passaram uma mordaça e todos se calam, prefeitura e a concessionária Pérola do Oeste.

  8. Enquanto São Paulo e Rio de Janeiro fazem protestos de verdade; protestos de macho; protestos com enfrentamento físico; aqui em Curitiba haverá essa bostinha de farofada, que é apenas um grupinho de TGBL desocupado rebolando e sorrindo para as câmeras.