Após protestos, André Vargas fica ‘sensibilizado’ e recua na PEC 37

Deputado André Vargas, sensibilizado pelas ruas, defende adiar votação da PEC 37 para o segundo semestre; como não direção política nos movimentos, velha mídia aproveitou-se para colocar essa questão na pauta sem ninguém" perceber; entretanto, nenhuma palavra sobre pedágios e juros bancários.

Deputado André Vargas, sensibilizado pelas ruas, defende adiar votação da PEC 37 para o segundo semestre; como não direção política nos movimentos, velha mídia aproveitou-se para colocar essa questão na pauta sem ninguém” perceber; entretanto, nenhuma palavra sobre pedágios e juros bancários.

Sem pedir licença para ninguém, a velha mídia inseriu na pauta das manifestações que ocorrem em todo o país a questão da PEC 37 — Proposta de Emenda Constitucional que retira o poder de investigação dos promotores do Ministério Público.

Pois bem, sensível aos apelos das ruas, o vice-presidente da Câmara, André Vargas (PT-PR), entusiasta da proposta que põe freio no MP, defendeu hoje o adiamento para o segundo semestre a votação da PEC 37 !“ um dos pontos mais importantes do rol de exigências dos manifestantes.

Vargas reconheceu que o tema é polêmico e que nenhum partido tomou posição a respeito. Dessa forma, não há consenso entre os líderes sobre a matéria.

“Devemos gastar nossas energias para chegar a um ponto de vista comum ou próximo disso”, propôs.

Agora uma perguntinha para a velha mídia: por que não levantas as bandeiras do fim do pedágio nas rodovias e da queda nos juros bancários, por exemplo? Por quê?

Com informações da Agência Senado.

31 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Os caras são tão incompetentes que conseguiram quebrar a Petrobrás.
    Gasolina barata para argentinos e outros países enquanto por aqui…
    Dinheiro para usineiros, reformaram o Maracanã e entregaram para a iniciativa privada. Sem esquecer que o que era para custar 800 milhões saiu por 1.5 bilhões. Esta sim e a melhor das privatizações, para o Eike…
    Enquanto isso a saúde, os idosos e os trabalhadores aposentados são humilhados em corredores de hospitais, não têm casas de repouso e são roubados pelo Fator Previdenciário que a grande presidANTA não quer acabar.
    E o colunista do NY Times ? Sumiu ? Ou tá se batendo com o tradutor do Google para publicar suas imbecilidades naquele jornal ?
    É que, para o tradutor entender, o cara tem que no mínimo saber escrever em português.

  2. Quero deixar claro aqui um recado a todos os petistas e simpatizantes do Partido dos Trabalhadores.
    Este protesto é para todos aqueles que de forma direta ou indireta participam deste governo incompetente e que visa se manter no poder 50 anos.
    A população não aguenta mais os constantes casos de corrupção envolvendo a sua base de apoio político, o péssimo gerenciamento dos recursos superiores a 1 trilhão de reais por ano, a falta de competência para gerenciar a educação, a saúde e segurança, colocando pelegos partidários para assegurarem um bom salário e colaborem com o PT, sem que estes entendam nada da área em que atuam e mais uma Internet inteira de motivos explicando que vocês não aproveitaram a chance que tiveram de mudar este país.
    Pelo o exposto acima, quero que saibam que vocês não nos representam e nem têm o direito de participar de qualquer uma destas manifestações. Aos políticos da base de apoio, sugiro que não ousem querer expressar que sempre apoiaram as reivindicações cobradas pela população, pois se estas fossem verdadeiras, as coisas não chegariam aonde chegaram.

  3. André Vargas para Senador?????kkkkkkkkkkkkkk!!!!!
    Vamos entregar tudo pro Paraguay…… é mais vantajoso!!!!

  4. Sensibilizado coisa nenhuma. O bicho vai pegar pro lado dele e de todos os politicos desta nação.

  5. fico muito comovido com estas cenas…ó dóo

  6. Não sou partidário. Sou cidadão que cumpre seus deveres.
    Mas o que o PT e seus partidos aliados estão fazendo contra os trabalhadores é a maior traição já vista na história deste país.
    Vajam a reportagem do site Congresso em Foco e lembrem que um dia vocês também serão afetados por esta medida.

    http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/governo-tranca-discussao-de-novo-fator-previdenciario/

    Brigar pelo fim do Fator Previdenciário, que prejudica muito mais o trabalhador, do que 10 centavos na passagem. Estes 10 centavos farão o trabalhador ganhar no máximo uma passagem no final do mês, ao passo que o prejuízo como o Fator previdenciário é permanente. Um exemplo: um trabalhador que deveria ganhar 1.000 reais de aposentadoria, pode chegar a ter uma redução de 45%. Ou seja, ele passará a receber 550,00. Isto é justo ? Não esquecer que ele pagou a vida profissional toda para receber os 1.000 reais.
    Outro detalhe, por que o governo diz que a Previdência está quebrada e isenta a parte patronal de 22% ? Isto é um roubo ao INSS. Dinheiro do trabalhador.
    Duas coisas certíssimas na vida de um trabalhador: a aposentadoria e a morte. Contra a segunda não há o que fazer. Já contra a primeira você deve lutar para ter um fim de vida digno e não precisa de niguém. É um direito seu.
    Por que tirar dos trabalhadores ?
    Por que agir com traição no meio do jogo ? Não dizem que no Brasil não se rasga contratos ? Ou isto só vale para os poderosos donos de empresas ?
    E o imposto sobre grandes fortunas que o LuLLa tando defendia ?
    Muito pelo contrário, está dando dinheiro a estes empresários gananciosos.
    As multinacionais não precisam e não baixam seus preços.
    E a gastança com a Copa ? Neste caso acho que os protestos deveriam ter sido feitos quando o Lulla foi no sorteio do país sede. Mas lógico que eles são válidos porque a roubalheira está escancarada. O Maracanã que deveria custar 800 milhões já está em 1.5 bilhões. Isto para ficar só neste caso, mas há o Mineirão, a Fonte Nova, etc”¦ etc”¦ etc”¦.
    Enquanto isso pessoas morrem em corredores de hospitais, idosos não tem qualquer apoio como casas de repouso (as particulares são caríssimas), a falta de prisões para desafogar as cadeias, as escolas estão caindo aos pedaços e professores ganham mal, etc”¦ etc”¦ etc”¦
    Como já escrevi há algum tempo atrás, a maionese da Dilma (leia-se Lulla e PT tambem) desandou.
    Quero deixar claro que não gosto e desprezo FHC, PSDB, DEM, mas o PT traiu a cada um de nós que trabalha e espera um dia ter um fim de vida digno.

  7. Esmael pode ficar tranquilo que com sua ajuda e do povo que acaba de acordar, as proximas banderias chegam aos pedagios, principalmente no parana , bem como a permanencias de condenados no congresso.

  8. Hipócrita? Será que é hipócrita aquele que fala dos outros, mas em casa não faz o que deve ser feito? Não acredito no que acabei de ler, teve deputados do PSDB que votaram a favor dessa PEC 37, acreditam? Aí eu pergunto, que moral tem esses calhordas em malhar deputados de outros partidos? Exemplo bom agente traz de casa, não acham? Até o presidente do PSDB, o tal do dep. Sergio Guerra votou a favor da PEC 37, e aí que moral tem os tucanos??
    http://www.faroldenoticias.com.br/site/opiniao-pec-37-gera-impunidade-eis-os-deputados-de-pe-que-sao-a-favor/
    Como é babaca esse Fala Sério, um medíocre do PSDBmerda.

    • Hipocrita sim, vai conforme a Onda. Vem se fazer se sensibilizado pelas manifestaçoes, conversa MOLE, Esse Vargas é um pulha, um 171, pergunta em Londrina quem é esse Demagogo. Posso ser BABACA sim, mas não sou alienado como você e muito menos Estupido a ponto de acreditar em politicos, especialmente os de Brasilia. 99,99% deles não valem os R$ 0,20 centavos da passagem. E voê deve ser um dos bananas que lambe as bolas do Molusco, como o Haddad e a Dilma.

      • E você lambe e beija o saco do Beto todo dia ne?? Se ele fizer um raio x nos bagos, disseram que é você que aparece segurando uma pelota e colocando a boca em outra, rsssss.

        • Ficou nervoso?? Engula essa mané, Sergio Guerra, presidente nacional do seu partido PSDB votou a favor da PEC 37, essa foi no fígado do bestao.

    • Mais outro telespectador da telebobo. Primeiro tente conhecer o que é PEC, primeiro isso, depois o que é a PEC 37. A PEC 37 acaba com um dos maiores abusos existentes no Brasil, investigações secretas, na surdina, direcionadas contra “A” ou “B”, somente para conseguir holofotes da mídia. O MP nunca quis investigar, e sim escolher seu alvo ao bel prazer, isso não é justiça, isso é execração seletiva.

  9. É, o correto seria pressionado.

  10. Sensibilizado???? Conversa… Ficou é todo BORRADO, e ponto de manchar as cuecas, depois te tanta e tamanhas manifestaçoes. BORROU-SE DE MEDO, ISso é a razao do Recuo… Sujeito Hipocrita.

    • Recordar é viver, alguém lembra da máfia das sanguessugas dos tucanalhas? Partido que se acha dono da ética e moral, mas na verdade é só fachada:
      “Na última semana, os termômetros na capital de Mato Grosso registravam temperaturas superiores aos 35 graus centígrados. Tão quentes quanto Cuiabá são os documentos que os empresários Darci Vedoin e seu filho Luiz Antônio obtiveram junto a bancos para ser entregues à Justiça, ao Ministério Público e à CPI dos Sanguessugas. Ambos são donos do grupo Planam, as empresas flagradas pela Polícia Federal em maio deste ano em um esquema de compras superfaturadas de ambulâncias que foram distribuídas a todo o País. Na ocasião, a PF prendeu 46 pessoas, entre elas os Vedoin, que permaneceram na cadeia por 80 dias.

      Na quinta-feira 14, pai e filho fizeram chegar às mãos dos responsáveis pelas investigações uma pasta recheada de novos documentos. ISTOÉ teve acesso a esses documentos com exclusividade. Os mais importantes são extratos bancários que demonstram dezenas de depósitos feitos pelo grupo Planam a pessoas físicas e jurídicas até agora não mencionadas. Com essa documentação, a Justiça, o Ministério Público e a CPI ficam aparelhados para incluir nas investigações sobre a máfia das ambulâncias a efetiva participação dos ex-ministros da Saúde José Serra e Barjas Negri. “Na época deles o nosso negócio era bem mais fácil. O dinheiro saía muito mais rápido. Foi quando mais crescemos”, diz Darci. “A confiança do pagamento era tão grande que chegamos a entregar cento e tantos carros apenas com o empenho do Ministério, antes de a verba ser liberada.”

      Entre os documentos entregues pelos Vedoin está uma relação de emendas feitas no Orçamento da União que acabaram liberadas e atenderam aos interesses da Planam. A papelada indica que entre 2000 e 2004 a Planam comercializou 891 ambulâncias. Dessas, 681, mais de 70%, foram negociadas até o final de 2002, quando Barjas Negri deixou o Ministério da Saúde, após substituir José Serra, que disputara a eleição presidencial. Para explicar a importância e a contundência do que estão delatando, Darci e Luiz Antônio apresentam um novo personagem na máfia das ambulâncias. Trata-se de Abel Pereira, um empresário da construção civil sediado em Piracicaba, cidade do interior paulista coincidentemente hoje administrada por Barjas Negri. “O Abel falava em nome do ministro Barjas e se tornou o nosso principal operador no Ministério da Saúde a partir do segundo semestre de 2002″, relata Luiz Antônio. Segundo ele, naquele período houve uma pequena mudança no esquema. “Quando o Serra era ministro as operações eram feitas pelos parlamentares. Quando o Barjas deixou de ser secretário executivo e assumiu o comando do Ministério, Abel passou a ser o responsável pela liberação dos recursos, apesar de não possuir nenhum cargo naquela Pasta.”

      Nos documentos bancários aos quais ISTOÉ teve acesso há cópias de pelo menos 15 cheques emitidos pela Klass, uma das empresas dos Vedoin, que teriam sido entregues ao próprio Abel. “Os cheques estão ao portador, mas foram entregues nas mãos dele”, acusa Darci. No total, esses cheques somam R$ 601,2 mil. Um deles, o de número 850182, datado de 30 de dezembro de 2002, tem o valor de R$ 87,2 mil. No mesmo dia, há outros sete cheques, seis deles são de R$ 30 mil e recebem os números de 850183 a 850188. O cheque 850181, também de 30 de dezembro de 2002, tem o valor de R$ 45 mil. “Depois que eles perderam a eleição, o Abel me procurou e passamos a fazer muitas liberações”, diz Darci. De fato, 2002, último ano da administração tucana, foi o ano em que a Planam mais distribuiu ambulâncias pelo Brasil. Foram 317 no total. No Ministério Público, há quem suspeite que esses seguidos repasses tenham se destinado a pagar despesas da campanha presidencial de 2002. Agora, os procuradores deverão rastrear o destino desses cheques.

      Quando o dinheiro não era repassado diretamente para Abel, segundo os Vedoin, as empresas do grupo Planam faziam depósitos em contas de pessoas jurídicas ou físicas, indicadas pelo preposto do ministro. Três depósitos têm chamado especial atenção dos parlamentares da CPI que já tiveram acesso a essa documentação. Trata-se de dinheiro entregue para a Kanguru Factoring Sociedade de Fomento Comercial. A empresa, dona do CGC 003824340/0001-25, encerrou suas atividades em 2003, no começo do governo Lula. Dois depósitos no valor de R$ 66,5 mil foram feitos em 27 de dezembro de 2002. Três dias antes, há o registro de um depósito de R$ 33,5 mil. Há, porém, outras empresas que serão investigadas. A Datamicro Informática, por exemplo, sediada em Governador Valadares (MG), foi beneficiada com dois depósitos. Um deles, realizado em 19 de dezembro de 2002, é de R$ 70 mil. Também de Minas, foi beneficiada a Império Representações Turísticas. Com sede na cidade de Ipatinga, a empresa recebeu dois depósitos. O maior deles foi de R$ 60 mil, realizado em 18 de dezembro de 2002, na conta corrente 25644-7, do Banco do Brasil.

      As relações de Serra e Barjas Negri são estreitas. O atual prefeito de Piracicaba
      tem enorme trânsito junto à cúpula tucana. Esteve com Serra no Ministério do Planejamento, foi secretário executivo no Ministério da Saúde, ministro da Saúde
      e, antes de se eleger prefeito de Piracicaba, em 2004, ocupou o cargo de secretário de Habitação do Estado de São Paulo. Os donos da Planam afirmam que começaram a operação de distribuição de propinas para parlamentares que aprovassem emendas para a compra de ambulâncias em 1998, quando Serra assumiu o Ministério da Saúde. “Naquela época, a bancada do PSDB conseguia aprovar tudo e, no Ministério, o dinheiro era rapidamente liberado, inclusive com a ajuda de Barjas”, lembra Luiz Antônio. Um ofício datado de 13 de dezembro de
      2001 mostra que o gabinete acompanhava de perto as liberações de recursos
      para a compra de ambulâncias. No documento, já em poder da CPI, o então secretário executivo, Barjas Negri, se reporta ao Fundo Nacional de Saúde e pede “o empenho e a elaboração do convênio, com posterior retorno a essa Secretaria Executiva”. No mesmo ofício, Barjas diz tratar-se de “uma determinação do
      senhor ministro José Serra.”

      Quando operava usando os parlamentares (até o segundo semestre de 2002), o grupo Planam destinava a eles 10% do que conseguia receber. Com a entrada de Abel na operação foi feita nova negociação, favorável ao empresário. “O Abel me chamou para um encontro em São Paulo. Conversamos no aeroporto de Congonhas. Tudo ficou acertado. No início da conversa ele queria manter os 10% que eram tratados com os deputados e senadores, mas no final da conversa fechamos com 6,5%”, narra Darci. “Foi quando mais crescemos, pois tudo o que pedíamos era facilmente liberado”, completa Luiz Antônio. Com os nomes das pessoas físicas e jurídicas listadas pelos Vedoin, os procuradores que investigam a máfia das ambulâncias poderão saber por que razão Abel indicava os depósitos e qual o destino dado ao dinheiro das ambulâncias superfaturadas. Na relação entregue pelos donos da Planam constam, por exemplo, seis depósitos feitos a favor de pessoas ainda desconhecidas do caso. Uma delas é Valdizete Martins Nogueira. Ela foi a destinatária de um depósito de R$ 7 mil feito na agência 3325-1 do Banco do Brasil em Jaciara, no interior mato-grossense, em janeiro de 2003. Na mesma cidade e na mesma agência do BB foram feitos três depósitos para outro personagem novo: Robson Rabelo de Almeida. Um desses depósitos teve o valor de R$ 20,1 mil, feito em 17 de dezembro de 2002. Em 3 de janeiro de 2003, o favorecido foi Mario J. Martignago, igualmente desconhecido até aqui, com um depósito de R$ 20 mil.

      “A entrega desses documentos mostra que estamos cumprindo nosso acordo de dizer e provar tudo o que sabemos”, conclui Luiz Antônio. Com essas pistas todas, tanto o Ministério Público como a CPI poderão aprofundar ainda mais o esquema dos sanguessugas e talvez sugerir medidas para que coisas como essas não se repitam. “Somos culpados, mas não somos os maiores. A maior culpa é de governos antigos que propiciaram tudo isso. Jamais liguei para parlamentares. Eles é que ligavam para mim”, conclui Darci.”
      http://www.istoe.com.br/reportagens/4776_OS+VEDOIN+ACUSAM+SERRA

      • Bem dito e ai pode se concluir que existe podridao de todos os partidos.

      • Explica pra mim, Sr. defensor dos PTralhas… E critico ferrenho do PSDB, o que o Fruet (com o PT) junto faz ao chamar o Maior PSDBista do Paraná, Sr. Scalco, para formar um gabinete anti crise??????? Seria o PT se rendendo ao PSDB? Ou será que o Fruet ta querendo dar um pé na Bunda do te PT e se chegar ao PSDB de volta.

        • Não Fala Sério, o pé na bunda o já foi dado em vocês nas eleições de 2012, levaram um cacete que não foram nem pro 2º turno, kkkkkkkkkkk, otário.

  11. DEPOIS DO MENSALAO PT É A FAVOR DA PEC 37

    O QUE PODE MUDAR É A VOZ DA RUAS.

  12. O andre tem sido importante em temas polêmicos, como foi na criação do TRF Paraná, goste ou não dele ele tem, sem apoio da grande cúpula do PT, construído um belo caminho em bsb. Tem que tirar o chapéu pro cara se ele é corrupto ou serio o temponvai mostrar.

  13. Como ele é bonzinho. É seu amigo Esmael Morais?

  14. Henrique Alves chegará ao Brasil amanhã com uma decisão irrevogável na mala. Nem as manifestações nem a opinião de André Vargas vai sensibilizá-lo a adiar a votação da PEC 37, “com ou sem acordo”.

    – Os protestos reforçam ainda mais a necessidade de tirarmos esse assunto do caminho. Vou colocar na pauta logo depois de me reunir com promotores e delegados da Polícia Federal.

    A distância Brasil-Moscou deve estar nublando a capacidade de Henrique Alves mensurar riscos. A eventual aprovação da PEC tem tudo para tornar-se a próxima grande bandeira dos manifestantes, que já deixaram claro que não engolirão a perda de poderes do Ministério Público.

    Por Lauro Jardim

  15. rsrsrsrsrsrs

    É palhaça esta “sensibilização” do Deputado André Vargas.

    E ainda tem gente que apóia esta turma de corruptos!

    Acorda BRASIL!

  16. Andre Vargas, que quer eliminar o risco do ze dirceu a qualquer custo, “amarelou”, arregou diante das manifestações. Sabem quando essa famigerada PEC 37 será aprovada? Quando o coxa for campeão mundial de clubes, hehehe, em campeonato de pontos corridos e sem a participação do Bangu do Rio de Janeiro, hehehe

  17. Esmael: Vê se não censura minha mensagem de novo!

    ANADRÉ VARGAS, NOSSO FUTURO SENADOR:
    Vê se aconselha o Fruet a como você, escutar a voz rouca das ruas.
    Manda essa mensagem prá ele.

    Fruet, agora que você deve estar mais sozinho, sem o cordão de p.s. em sua volta, escuta quem votou em você, mesmo que por falta de opção:
    Você conhece a Avenida Candido de Abreu? Conhece o Forum? Você já passou por lá nos últimos meses?
    Você então, deve ter visto o enorme empreendimento imobiliário que está sendo finalizado ali. Viu?
    Você sabe que o metro quadrado daquele empreendimento está sendo vendido por 8 mil reais?
    E você sabe, Fruet, quem é o dono, quem está construindo aquele enorme, gigantesco, faraônico empreendimento? Não sabe?
    Então vou contar a você: é o empresário que domina, através do monopólio, quase todo o transporte coletivo em Curitiba, através de sucessivas e irregulares licitações de concessão pública, aprovadas por prefeitos e vereadores que ele costumeiramente elege, de todos os partidoss, inclusive do PDT e do PT.
    Você acha que quem constrói uma superquadra daquelas, que nenhum outro empresário em Curitiba conseguiu construir e amealhar, precisa de reajuste na tarifa “técnica” que você tanto fala?
    Aliás, você gosta muito de falar em “tarifa técnica”, mas quem você acha que calcula essa tarifa que você chama de “técnica”?
    Você pensa que foi o Gregorio, o “patricinho” que você colocou na URBS, mantendo toda a equipe do Luciano Ducci?
    Não Fruet, o Gregório não manda nada por lá. E quem calcula a tarifa são os “técnicos da URBS” que estão lá há mais de 30 anos, obedecendo fielmente os cálculos que os empresários de ônibus entregam prontos na mão deles, só para assinar e mandar para os prefeitos publicarem…
    Será que só existem aqueles técnicos em Curitiba, no Paraná e no Brasil para calcular planilhas de transporte, Fruet?
    Será que só ali, na URBS, residiria todo o saber, toda a perícia, toda a “técnica”???
    Pára com isso, Fruet.
    Pára de dizer bobagem.
    Você entrou a pouco mais de seis meses, não teria nenhum compromisso em assinar em baixo uma vergonha dessas…
    Quer saber porque a atual planilha é uma vergonha?
    Ora, porque os parâmetros de consumo de combustível, de pneus, de peças, de manutenção são todos forjados, todos fornecidos pelos empresários de ônibus, que usam parâmetros de 30 anos atrás, quando os ônibus eram carroças se comparados a hoje em dia…
    Você não precisa assinar em baixo disso e arcar, pelo resto de sua vida, com a pecha de pau-mandado dos empresários de ônibus.
    Mande fazer uma auditoria séria nessa planilha, contrate por exemplo, a UFPR, que tem um departamento de transportes, um departamento de matemática, e tire essa prova a limpo.
    Além disso, não calcule só a tarifa hoje…isso é até fácil…
    Calcule quanto ela deveria ter valido mas foi inflada, aumentada, nos 50 anos que ficou sendo manipulada pelos empresários de ônibus e pelos mesmos “funcionários da URBS” ( na verdade, prepostos dos empresários de ônibus)…
    Aí, você vai encontrar de onde vem a fortuna, os bilhões em patrimônio que os empresários de ônibus conseguiram acumular não apenas em enormes prédios, casas de luxo, condomínios horizontais, mas em fazendas enormes, usinas elétricas, fábricas, mandatos de vereadores e prefeitos que lhes obedecem como cães de guarda…
    Sé então você poderá dizer se deve manter o aumento que você, afoito, apressado, incomodado já foi lhes dando, já nos primeiros dias de seu mandato que eu, também ajudei a lhe dar.
    E talvez seu procurador jurídico, se realmente for competente e interessado em cumprir sua nobre função, encontrará muitas das várias formas que a Constituição Federal e as leis colocam à disposição dos administradores públicos para reparar, de oficio, erros e inconsistências cometidas pela Administração.
    Dentre elas a devolução voluntária ou compulsória, litigiosa, de dinheiros públicos e da população, arrecadados de forma ilícita.
    Voce fica falando por aí ( e seus puxa sacos também ) que “existe um contrato firmado pelo Beto com os empresários” que deve ser respeitado.
    Mas, contratos podem estar acima da Lei?
    E se o contrato firmado pelo Beto teve sua execução prejudicada por ação dos “técnicos da URBS” que apenas assinaram as planilhas preparadas pelos empresários todos esses anos atrás? Você vai assinar em baixo ? Você vai por sua mão no fogo ( e a nossa junto ) por eles?

    Pare de querer parecer simpático e bonzinho com os empresários de ônibus Fruet. Seu pai não foi.Por isso, perdeu as eleições, mas não foi. Siga o exemplo dele Fruet. Para isso você tem um mandato popular.
    E não para ser “mais cristão do que o Papa”, sem olhar para os pecados que os “sacristãos” à sua volta, cometeram antes do seu mandato.
    Verifique o óbvio Fruet: mande auditar tudo, inclusive os sinais exteriores de riqueza e de aumento de patrimônio dos empresários que você está achando que são coitadinhos e quer que o povão acredite…
    Olhe para o povão e para os empresários Fruet!
    Quem, pelas aparências está ganhando e quem está perdendo?

    • Bem que vc poderia sintetizar esse texto, né? Ninguém lê um comentário desse tamanho. #Ficaadica

      • Verdade eu não leio kkkkkkkkk

      • PARABENS IVAN!! Adimiro muito o ESMAEL,mas discordo dele quando diz q ninguem le um comentario tao longo igual ao seu…Portanto descordo do ninguem! A MEU VER, se 10% do leitorado do blog do Esmael leu o teu texto, eu considero um grande avanço!!EU LI O TEXTO INTEIRINHO!E CARA MANDA VÊ CARA!!E quem é q garante q estes empresários ñ estao envolvidos no pedágios também!??financiam campanhas arquimilionarias dos politicos…RAPOSONI/BETO RIXA/NEY LEPREVOST, E OUTROS MAIS… VC SABE IVAN…

      • Sabe Esmael, acabei lendo todo o comentário do IVAN.
        O IVAN conhece o eleitorado.
        Creio que o Prefeito não perderia nada em fazer uma revisão técnica da planilha.
        A riqueza alheia não interessa, mas se for a nossas custas aí a coisa muda.