Resultado da enquete: Ratinho Junior derrotaria Beto Richa por 77% a 23%

Publicado em 13 maio, 2013
Compartilhe agora!

Ratinho entrou na mira dos tucanos porque se destaca mais que o governador; Palácio Iguaçu censura político do PSC usando como motivo anúncio antecipado do subsídio ao transporte coletivo feito pelo secretário; se rompesse e disputasse o governo, em 2014, Ratinho abateria tucano.
Ratinho entrou na mira dos tucanos porque se destaca mais que o governador; Palácio Iguaçu censura político do PSC usando como motivo anúncio antecipado do subsídio ao transporte coletivo feito pelo secretário; se rompesse e disputasse o governo, em 2014, Ratinho abateria tucano.
O blog lançou uma enquete na tarde da última sexta-feira (10), sobre a corrida pelo Palácio Iguaçu, considerando um hipotético segundo turno entre o governador Beto Richa (PSDB) e o secretário do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Júnior (PSC).

Ratinho Júnior seria o novo governador escolhido por 77% dos leitores deste blog, que votaram apenas uma vez (por IP), contra 23% que dariam a reeleição ao tucano Beto Richa.

Richa viajou no final de semana para a Europa, mas recomendou a sua trupe medidas que segurem politicamente o ímpeto do pequeno camundongo; ontem (12), o Palácio Iguaçu já havia começado trabalhar! nesse sentido ao censurar o secretário na Agência de Notícias (clique aqui para relembrar).

O tucanato paranaense leva a sério aquele velho ditado popular segundo qual o seguro já morreu de velho!.

Um general da equipe do prefeito Gustavo Fruet (PDT), observando o movimento do Palácio Iguaçu para isolar o titular da SEDU, cravou essa: “Ratinho chegou ao grupo político de Richa para ser índio, não cacique”.

A seguir, o resultado da enquete encerrada nesta manhã:

Se as eleições fossem hoje e o segundo turno fosse disputado entre Beto Richa e Ratinho Júnior, em quem você votaria?

!¢ Ratinho Júnior (PSC) (77%, 808 Votos)
!¢ Beto Richa (PSDB) (23%, 249 Votos)
Total de votantes únicos: 1.056

Compartilhe agora!

Comments are closed.