Processo de cassação na Câmara de Vereadores para Cornélio Procópio; acompanhe ao vivo

Vereadores procopenses decidem logo mais se abrem processo para cassar mandatos de vereadores do PV e PCdoB. Foto: Rádio Cornélio.

Vereadores procopenses decidem logo mais se abrem processo para cassar mandatos de vereadores do PV e PCdoB. Foto: Rádio Cornélio.

Daqui a pouco, a partir das 20 horas, este blog entra em cadeia para transmitir ao vivo a sessão na Câmara de Vereadores de Cornélio Procópio que pode abrir processo de cassação contra dois vereadores. A possibilidade ser instalada uma CEI (Comissão Especial de Investigação), hoje à  noite, paralisa a cidade localizada a 398 km de Curitiba, no Norte Pioneiro.

Os vereadores Bruno Magalhães (PV) e Rodrigo Marconsim (PCdoB), o Pirulito, foram denunciados pelo blogueiro e radialista Odair Matias (clique aqui para acessar o blog) porque estavam nomeados, ilegalmente, na Prefeitura até dezembro de 2012 como diretores de departamento (em cargo comissionados).

O advogado Clóvis Augusto Veiga da Costa, especializado em Direito Eleitoral, em mensagem ao blog, disse que “não há sustentação jurídica para se pedir a cassação. O que vale é a data da posse, pois é a partir daí que se começa a receber dinheiro”.

Entendimento diferente nessa questão tem o também advogado e ex-vereador procopense Mexo Fonseca (PMDB). Considerado um exímio conhecedor do regimento da Câmara local, ele diz que os parlamentares não podiam estar nomeados após a diplomação.

Acompanhe essa polêmica ao vivo, a partir das 20 horas, clicando aqui. A transmissão é uma parceira com a Rádio Cornélio AM 1490.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O Esmael o que deu em Cornélio???

  2. Amigo Ismael.
    O CIRCO JÁ ESTAVA ARMADO!!!
    Vergonhoso o que aconteceu nesta noite na câmara de Cornélio Procópio, o vereador presidente, Edimarzinho, fez o que todo mundo imaginou que ele pudesse, mas não teria coragem, absolveu, juntamente com o voto do vereador Vanildo Sotéro os dois vereadores envolvidos em supostas irregularidades sem a instalação da CEI ““ Comissão Especial de Inquérito. O fato foi questionado pelo vereador Fernandinho dizendo que o vereador Vanildo Sotéro não poderia votar por ter sido o prefeito (em exercício) que nomeou os dois, pagou os seus salários e diárias e, além disso, é primo do vereador Rodrigo Marconcim. Pronto! Estava instalada a confusão, o presidente tentou cassar a palavra do vereador Fernando, mandando cortar o som do microfone quando as pessoas presentes começaram a se manifestar com gritos e assovios. Vários fatos paralelos aconteceram, o repórter Odair Matias que estava fotografando a “confusão” teve sua câmera fotográfica subtraída pelo sr. Mário Ricardo, mais conhecido com Feijão. E ai não entendo mais nada, o Seu Feijão não é assessor da prefeitura ou é da câmara? Aliás, o presidente Edimarzinho contratou seguranças para garantir a ordem na casa, seguranças esses que teriam agredido pessoas no plenário. É, infelizmente, falta muito para esta câmara ser de fato um poder constituído, mais parece um picadeiro…lamentável!!!

  3. Parabéns Ismael pela imparcialidade.
    Clóvis Augusto Veiga da Costa, especializado em Direito Eleitoral, em mensagem ao blog, disse que “não há sustentação jurídica para se pedir a cassação.

    Mas volto a repetir a denuncia não é do blogueiro, e sim de um Laranja do grupo do Mexo.

    • O perdido!!!
      A denuncia é sim senhor do Blogueiro Odair!!!
      Os 2 vereadores mentiram na cara dura!!!
      Não tem meia gravida , a lei é clara.
      Os 2 deverão ser caçados.