Outra vez, TRE afasta prefeito tucano de Fazenda Rio Grande

O tucano Chico Santos foi cassado; governador Beto Richa perde importante aliado na região metropolitana de Curitiba; Toninho do PT, aliado de Gleisi, é favorito para nova eleição.

O tucano Chico Santos foi cassado; governador Beto Richa perde importante aliado na região metropolitana de Curitiba; Toninho do PT, aliado de Gleisi, é favorito para nova eleição.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Marcio Claudio Wozniack (PSDB), assume a prefeitura de Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, a partir desta quinta-feira (25).

O ex-prefeito Chico Santos (PSDB) e a ex-vice Ana Lúcia Pacheco de Andrade (PSD) deixaram o cargo anteontem (23) por força de embargo de declaração que suspendeu liminar, do TRE, que os seguravam desde o início do mês passado.

O tucano, reeleito em outubro passado, foi cassado por improbidade administrativa e abuso do poder econômico.

Wozniack vai apenas esquentar a cadeira para o próximo prefeito, pois, se prevalecer o afastamento, o TSE deverá marcar nova eleição no município.

O deputado estadual Toninho Wandscheer, do PT, aliado da ministra Gleisi Hoffmann, já entrou em aquecimento. Ele já foi prefeito de Fazenda.

Comentários encerrados.