Contra polarização PSDB-PT, Requião se lança ao governo do Paraná

Senador Roberto Requião se coloca como alternativa à  polarização PSDB (Beto Richa) e PT (Gleisi Hoffmann) no Paraná.

Senador Roberto Requião se coloca como alternativa à  polarização PSDB (Beto Richa) e PT (Gleisi Hoffmann) no Paraná.

Pelo Twitter, na manhã desta segunda-feira (11), o senador Roberto Requião se lançou na disputa pela sucessão do governador Beto Richa (PSDB). O peemedebista já ocupou o Palácio Iguaçu em três oportunidades (1990-1993, 2003-2007, 2007-2010).

“Início uma consulta à s bases do PMDB, convencionais, se desejam candidatura própria e se apoiam meu nome para o governo do Paraná. Sem surpresas”, tuitou.

Neste final de semana, em conversa com este blogueiro (clique aqui para relembrar), o ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB e desafeto do senador, disse que se disporia a conversar com Requião acerca da candidatura própria do partido.

“Primeiro vamos definir a tese da candidatura própria, depois quem será o candidato”, adiantou Pessuti.

Clique na imagem para acessar o Twitter de Requião.

Clique na imagem para acessar o Twitter de Requião.

Se o velho PMDB de guerra estiver vivo, não faltarei à  minha responsabilidade eleitoral, pelo partido e pelo estado vou à  luta”, garantiu Requião.

Enquanto Pessuti mostra-se mais afinado com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, do PT, Requião dá mostras que vai ao sentido contrário:

“A nossa doce Gleisi vendendo portos, estradas de ferro, aeroportos me escandaliza”, disparou o Requião, sempre via Twitter.

Comentários encerrados.