“Banqueiro” Ratinho Jr prevê investimentos em Pinhais e Piraquara

Ex-prefeito de Colombo, J. Camargo, vestiu “cueca de seda”

Os prefeitos Luizão Goulart (Pinhais) e Professor Marquinhos (Piraquara) foram recebidos pelo "banqueiro" Ratinho Junior, na SEDU; o secretário está sendo assessorado na região metropolitana pelo ex-prefeito de Colombo, Jota Camargo (PSC), e pelo advogado Lineu Tomass.

Os prefeitos Luizão Goulart (Pinhais) e Professor Marquinhos (Piraquara) foram recebidos pelo “banqueiro” Ratinho Junior, na SEDU; o secretário está sendo assessorado na região metropolitana pelo ex-prefeito de Colombo, Jota Camargo (PSC), e pelo advogado Lineu Tomass.

Que a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano, a SEDU, é um banco todos os 399 prefeitos do Paraná já sabem. A pasta comandada pelo deputado federal licenciado Ratinho Junior (PSC), ex-candidato à  prefeitura de Curitiba, faz política de acordo com a capacidade de endividamento do município. A SEDU age, portanto, como se fosse um banco.

Quem esteve com Comandante Junior, nesta segunda-feira (18), foram o prefeito de Pinhais e presidente da Associação dos Municípios da região metropolitana de Curitiba (Assomec), Luizão Goulart (PT) e o prefeito de Piraquara, Marquinhos Tesserolli (PDT).

Do encontro republicano, ocorrido no gabinete da SEDU, segundo os prefeitos, saiu a promessa de uma parceria entre a Secretaria e os municípios da região metropolitana em projetos de infraestrutura.

Durante a conversa, Ratinho declarou que sua intenção é analisar a capacidade de endividamento de cada município e viabilizar recursos para projetos pertinentes a Região Metropolitana.

Aguardamos que os prefeitos nos apresentem suas principais demandas para que possamos concretizar parcerias e consequentemente levar obras importantes a seus municípios!, salientou o secretário.

Para o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, a atitude de Ratinho é importante para a região.

Nossos municípios possuem diversas demandas que necessitam de ações conjuntas. Precisamos muito da participação do governo do estado para resolver alguns problemas, principalmente no que diz respeito à  infraestrutura!, concluiu.

Por causa dessa reunião, este blogueiro descobriu que o ex-prefeito do município de Colombo, J. Camargo (PSC), não resistiu e também vestiu a “cueca de seda”. Durante as eleições de 2012, o ex-prefeito se dizia rompido com o governador Beto Richa (PSDB).

Comentários encerrados.