Anticomunista Lech Walesa, Nobel da Paz, diz que minoria gay “persegue e castiga” heterossexuais

da agência EFE, via UOL.

O líder sindical Lech Walesa foi premiado pela luta a favor dos direitos dos trabalhadores e contra o regime comunista.

O líder sindical Lech Walesa foi premiado pela luta a favor dos direitos dos trabalhadores e contra o regime comunista.

O prêmio Nobel da Paz e ex-presidente polonês Lech Walesa disse nesta terça-feira que suas opiniões sobre a homossexualidade levaram ao cancelamento de suas duas conferências nos Estados Unidos, o que demonstra que a minoria gay é “efetiva” e “persegue e castiga a maioria”.

Walesa, considerado o herói na luta contra o comunismo e símbolo da chegada da democracia à  Polônia, disse há algumas semanas que os homossexuais “deveriam se sentar na última fila do Parlamento ou até mesmo atrás de um muro”, e não pretender impor suas posturas minoritárias frente à  maioria da população.

Em entrevista à  emissora “RMF”, Walesa lamentou hoje que as declarações tenham levado ao cancelamento de duas conferências nos Estados Unidos e que ele tenha deixado de ganhar US$ 70 mil.

O político se considera uma “vítima” do “lobby gay”, que acusa de “usar sua influência diretamente” contra ele e de ser uma força que se baseia “na dor e no ressentimento”.

Após as declarações polêmicas, várias organizações de gays e lésbicas o acusaram de ser um inimigo das minorias, de representar a extrema direita e de ser um antidemocrata.

“Têm que fazer alarde (de sua tendência sexual) diante da maioria?” questionou novamente hoje o político polonês, se referindo à  parada anual do orgulho gay em Varsóvia e outras cidades do mundo.

“Deveriam ser recatados, se fechar a sua intimidade, não mostrar (sua sexualidade)”, queixava-se o ex-líder do Solidariedade.

A Polônia é um dos países mais conservadores e católicos da Europa, embora, paradoxalmente, seu Parlamento tenha um deputado abertamente homossexual, Robert Biedron, e um parlamentar transexual, Anna Grodzka, ambos do partido anticlerical Movimento Palikot.

Lech Walesa, que tem oito filhos e é reconhecidamente um católico praticante, foi o primeiro presidente da Polônia democrática e suas opiniões ainda são referência entre grande parte da sociedade polonesa.

31 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. “FALA SERIO” ESSE HENRIQUE DEVE TER PROBLEMA,NÃO É BOM MEXER COM GENTE QUE TEM PROBLEMA.

  2. LECH WALESA,PARABÉNS PELAS PALAVRAS,VIROU MEU IDOLO POLITICO.

  3. Este polaco preconceituoso ja era ele que vá toma Vodka e come Pierogui e solta muito peido fedido,acorda o mundo e outro,fala serio

  4. OXALÁ !!!!!

    *-Tenho observado que os homossexuais são super organizados! tanto no Brasil , bem como no mundo todo! O homossexualismo feminino ainda é acanhado, até nisso há machismo.

    *-Quem dera se outros segmentos fossem tão organizados assim: deficientes, mulheres, negros, principalmente os negros brasileiros…OXALÁ !!!!

  5. O Esmael, aprova meus comentários, Ta desde ontem.. aguardando moderação. Porque?

  6. Vivemos um período que resgata-se a história de Sodoma e Gomorra. Conta-se que naquela época e naquelas cidades a promiscuidade, sem qualquer pudor, era regra. Ninguém era de ninguém e tudo valia. Nos tempos atuais há quem queira resgatar este passado. Parece-me que a opção individual de alguns está sendo imposta para todos. Na minha opinião a família trata-se de um novo grupo de pessoas que se une com a intenção de perpetuar a espécie, agregando valores e pessoas no seu convívio. A heterosexualidade é a regra para constituir a família. O homosexualismo é a exceção ou o diferente das opções individuais. São muitos os homossexuais que escandalizam o universo frequentado com seus desvarios. Muitos armam verdadeiros barracos na indignação dos opositores. Parece-me que este grupo de pessoas acha bonito assistir em plena praça pública homem beijando homem, mulher beijando mulher e por aí vai. Parece ser tudo normal e correto. Na verdade caminhamos para um verdadeiro caos social. Gostaria de ver muito mais evangélicos, católicos, cristãos, budistas, enfim, religiosos de modo geral assumindo 100% das cadeiras legislativas no Brasil para que a sociedade recebesse mais princípios e valores éticos e melhorias nos comportamentos sociais.

  7. Parabéns Lech Valesa.

  8. Curioso. Onde estão os comentários vulgares da Gayzarada??? Se não portaram nada é porque o Walesa, está absolutamente certo.

  9. Parabéns Lech Walesa, Bolsonaro e Feliciano pelo posicionamento e pela coragem de enfrentar esta ditadura que alguns gays querem implantar.

  10. O “Fala Sério” deve ser papafóbico! Para que colocar Sua Santidade nessa estória? Assim me parece que, na realidade, está estimulando a agressividade contra o Papa Francisco quando ele estiver no Brasil para a monumental JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE, em julho no RIo de Janeiro. O Papa fala de acordo com a doutrina de uma Igreja criada por Jesus Cristo há mais de 2000 anos.

  11. Parabens ao Walesa! O que incomoda a causa gay não é querer o casamento ou outras coisas, mas sim a forma desrespeitosa de impor comportamento público deles.

  12. A questão toda se resume numa coisa: não se deve misturar religião com política. Assim tem sido ao longo de séculos, e assim tem sido uma m….(desculpem-me a má palavra).
    Quem quer que seja, Papa, Walessa, Infeliciano, ou qualquer outra pessoa que ocupe cargo público (entenda-se, não falo em política no sentido de política partidária, mas sim no sentido da convivência humana) tem que saber que a sociedade é diversa, e pregar o respeito a todos (brancos, negros, pardos, amarelos, católicos, protestantes, umbandistas, budistas, homossexual, heterossexual, assexuado, enfim, tudo o que possa existir sobre a terra).
    Temos que entender que se os líderes, aqueles que tem poder de formas opiniões, pregam a intolerância contra quem quer que seja, o que esse mundão doido vai virar?
    E depois ainda dizem que fazemos parte da evolução? Que evolução? Um mundo onde ainda se mata por causa de religião, ou de outra diferença humana, não merece ser chamado de humanidade.

  13. “O novo papa declarou abertamente ser contra o casamento gay e a relação homossexual e ninguém se manifesta para chamá-lo de homófóbico. Quando o líder máxima da Igreja Católica estiver no Brasil, esses artistas irão se manifestar contra a posição do papa?”, afirmou, referindo-se ao manifesto de artistas pedindo a saída de Feliciano da CDH.
    Será que os que falam mal do Deputado e protestam como Gralhas…. Farão o mesmo contra o Papa quando ele estiver no Brasil???????

    • Quando vi aquele video contendo fatos e desmascarando este grupelho de ativistas anti-cristãos fiquei estarrecido quando aquele jean aerowillis dizendo que foram os orixas que puzeram ele lá com um objetivo bem definido, acontece que maior que estes espiritos existe um Único deus Verdadeiro e Todo poderoso que coloca seus Servos exatamente aonde há um foco de disseminação de destruição da humanidade. Por exemplo é comum ver diariamente Pastores, Obreiros(as), Missionarios e ate Padres nos Hospitais orando pelos doentes, nos Presidios, junto aos Moradores de Ruas com sopóes, libertando Viciados em crack, todos sendo ajudados por estes que foram designados por Deus para este fim e ninguem, repito ninguem podera conter a Soberana Vontade de Deus nesta terra. E todos verão o fim destes que são inimigos do Evangelho de Jesus Cristo , mas ainda há tempo de se arrepender e corram senão sera tarde demais. Parabens pelo comentario Fala serio.

    • O Papa também não gosta de pessoas divorciadas, de pessoas que tomam pílulas anticoncepcionais, que fazem sexo fora do casamento…Agora o Papa não é eleito pelo povo, então ainda passa…Depois o Papa só fala, dá conselhos, ele não detém poder de fazer e propor leis no nosso país…

      E tem muita gente que protesta sim pro papa, ele só não dá bola…

    • Você esta encarregado de fazer essa pesquisa para nos!

    • Só se ele tiver respondendo 171 na Argentina. Deixa o Feliciano em paz e o Líder Máximo da Igreja Católica também.

    • Então ele deveria excomungar 1/3 dos quadros da igreja, marcada por casos infinitos de pedofilia (hetero e homessexual), relações homossexuais adultas e rompendo o voto de castidade e do ato sexual fora do casamento.
      Ah, e por quê os comentários dele estariam ligados aos do Lula, se o ex-presidente nele se espelhou como líder sindical e conduta política, se o Walessa comer coco outros que o admiram devem fazer o mesmo?

      Sei lá, este blog começa a perder a credibilidade, pelo baixo nível das observações, sempre dos mesmo postantes, que por vezes praticam crimes em suas declarações.

  14. Corajoso.
    Ate que enfim um homem publico de valor que nao tem medo de colocar sua posicao.
    So falta os promiscuos desejarem tirar seu Nobel.
    Com eles o jogo e baixo nivel.
    Nao se pode contrariar.
    Viva a Polonia e a Russia.

    • Inteligente, existem heterossexuais promíscuos e como homossexuais promíscuos. Eu respeito as declarações do Walesa até certo ponto. Sou gay, mas não gosto da Parada da Diversidade Sexual, só fui uma vez pra nunca mais. Não precisa gritar aos quatro ventos a minha orientação sexual. Mas isto não significa que eu tenha vergonha do que eu sou, já passei desta época. Sou o que sou, como Deus quis que eu fosse. Não sei se nasci assim ou se me tornei assim, o fato é que eu assim. Sua orientação sexual não deve ser motivo de vergonha ou de orgulho, ela deve ser aceita e encarada de forma natural.

      • Finalmente um homossexual com inteligência!!! Não tenho nada contra homossexualismo, só não concordo com a promiscuidade, vivemos numa sociedade com diferenças que todos, TODOS, devem respeitar,inclusive os homossexuais, Seja o que você for mas dentro de respeito ao proximo sem promiscuidade, sem libertinagem abusiva como infelizmente muitos agem. Meus parabens pelo seu dicernimento.

        • Perfeito! Isso sim e’ aceitável, Clodovil também discordava de tanta barulheira gays, quem quiser ser que seja você e dono de Sá vida, mas nao queiram que todos que estão no mundo também o sejam. As TVs aproam e incentivam, acusam os heteros de homofobia, mas sao hipócritas, quando ridicularizam os pobres gays em seus programas humorísticos, e então nesse momento eles nao sao homofobicos, mas fazem toda a sociedade rir da normalidade? Ou realmente isso nao e’ normal?

      • Mundo bem melhor se outros tivessem esta lucides. Parabens até certo ponto.

      • Ciro, fico feliz em ouvir o teu testemunho honesto com você mesmo e sensato sobre o assunto em pauta.

      • Ciro, conheci vários gays como você.
        Eles são recatados, pessoas que não precisam desafiar ou desrespeitar quem pensa o contrário.
        É isso aí. Quer ser, que seja, mas com discrição. Não precisam ficar se chupando ou se comendo no meio da rua.
        Direitos iguais aos de outros cidadãos, sim, mas sem vantagens e sem criminalização quem não pensa como eles.
        Respeito é moeda de troca.

  15. 100 apoiado.
    Muito melhor que o Lula.