Advogado que “luta” pela redução de 21 para 13 vereadores ganha teta comissionada na Câmara de Colombo

Vereadores ameaçados de perder mandato contratam em cargo de confiança advogado que é autor de ação popular para reduzir de 21 para 13 cadeiras.

Vereadores ameaçados de perder mandato contratam em cargo de confiança advogado que é autor de ação popular para reduzir de 21 para 13 cadeiras.

Os vereadores de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, não querem mesmo dar sorte ao azar.

O presidente do legislativo colombense deu uma teta comissionada de presente ao advogado Anderson Cunha Moreira, símbolo DAS-2, conforme a portaria n!º 021/2013, do dia 4 de março último. A nomeação foi publicada no jornal Colombo Metrópole, edição de 5 de março.

Afinal, quem é Anderson Cunha Moreira? Ora, o advogado que move ação popular justamente contra a Câmara de Colombo referente o aumento de 13 para 21 cadeiras naquela Casa (clique aqui para entender o caso).

Moreira representa o autor da ação popular, Jair Pedro Sachet, conforme consta no processo n!º 0004763-22.2012.8.16.0028 (até a última sexta-feira, 22, o advogado continuava à  frente da demanda judicial contra a Câmara).

A pergunta que não quer calar: como o advogado vai defender a Câmara se processa a mesma? Ou, será que houve algum acordo para que o causídico coloque o pé no freio?

Se realmente a Câmara tiver que reduzir de 21 para 13 vereadores, como decidiu a Justiça na primeira instância, o presidente José Renato “Pelé” Strapasson (PTB), e Waldirlei Bueno de Oliveira (PMDB), ambos aliados da prefeita Beti Pavin (PSDB), ficam de fora desta legislatura, pois seus respectivos partidos não alcançaram o número suficiente de votos para eleger um vereador.

Por fim, cabe mais uma pergunta: ao nomear o advogado Anderson Cunha Moreira estaria o presidente da Câmara, o Pelé, legislando em causa própria?

13 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. É um advogado miojo. É só ir pra panela por três minutos e já amolece!!!!

  2. quando o inimigo e forte ,e o estrago pode ser importante . o melhor e se aliar mesmo. esse é o jogo do governo do parana ,quando a midia da uma chiada , passa uns dez merchandagem do governo ,ai fica tudo bem.inimigo forte a melhor arma e a compra do silencio para os desonestos..

  3. A coisa está bastante degringolada, mesmo: Em Paranaguá não é diferente de Colombo e de tantas outras cidades que, levando-se em consideração o AUMENTO DA POPULAÇÃO achou-se por bem ENTUPIR AS CÂMARAS DE VEREADORES EM MAIS 60, 70, 80%. Considerando que aqui – Paranaguá – em levantamento trazido a público pelo atual Prefeito Sr. Mário Roque, O ROMBO DEIXADO PELO SEU ANTECESSOR BAKA JÁ CHEGA À CIFRA DE 130 MILHÕES DE REAIS (levantamento parcial até o momento !), como justificar o aumento na quantidade de 11 para 17 vereadores?. Resumindo: de um lado o povo que trabalha (inclusive para pagar, entre outros, a EDILIDADE); de outro os EXPERTS que, simplesmente, por conta da “REALIDADE POPULACIONAL” e devidamente sentados em confortáveis poltronas em salas climatizadas – e bem remunerados -, “embasados” em gráficos, DETERMINAM ESSAS BARBARIDADES. Quer saber, prezado Esmael e Srs. Navegantes: QUE TAL REPASSAR O CUSTO RESULTANTE DESSE CONSIDERÁVEL AUMENTO DE VEREADORES AOS “CRIADORES” DESSA “PÉROLA”. Gente, o papel aceita qualquer coisa, principalmente “Leis Inconsequentes” que vêm tirando da mesa o leite das nossas crianças !!!.

  4. Tenho vergonha disso tudo que acontece na cidade, como diz o ditado tudo tem um preço… e quanto esses colegas estão e vão ganhar pra aliviar isso ou aquilo..cada lidere defende um grupo seja A B ou C, mas o principio básico da politica que é fazer o bem comum esta longe de acontecer na capital da UVA.

  5. ESSE É MAIS UM JEITINHO BRASILEIRO. DAI TEM GENTE QUE CRITICARAM O MINISTRO JOAQUIM BARBOSA QUANDO ELE FALOU DOS COLUIO ENTRE ADVOGADO JUÍZES AGORA EM COLOMBO OS POLÍTICOS TAMBÉM.

  6. O critério para determinar o número de vereadores não é objetivo???? Cadê o faz-de-conta do TRE? Precisa de alguém para provocar o assunto? Benza Deus!

  7. Em resposta ao apresentado no penúltimo parágrafo do texto exposto por Esmael, segue:
    “Art. 16, CF: A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência.”

  8. E o caminhoneiro Jair Pedro Sachet, levou o que?

  9. BOM DIA A TODOS, ISTO E QUE SE FALA ;;;;O FEITISO VIROU CONTRA O DOIS FEITICEIROS E AGORA JOSÉ;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;PORQUE NÃO SE APOSENTAM TBÉM ANTES DE PERDER O PODER;;;;;;;;;.

  10. precisamos de um intervenção urgente…por favor…alguém-nos ajude!!!

    ó Deus dos desgraçados!!!!

  11. E isso ai povo de Colombo morro e não vejo tudo, quem viver vera que vai continuar a P………. das queda das cadeiras e cassação de Beti Pavin…

  12. Isso chama-se CALA BOCA REMUNERADO, tem gente que gosta…