PT dá “gancho” de 60 dias para vereadora do falso sequestro

PT afasta vereadora de PG.

PT afasta vereadora de PG.

O presidente estadual do PT, Enio Verri, divulgou nesta segunda-feira (25) nota oficial comunicando “gancho” de 60 dias para a vereadora Ana Maria Branco de Holleben, de Ponta Grossa, acusada de forjar o próprio sequestro para alterar a disputa pela presidência da Câmara Municipal. Ela terá que deixar o cargo na direção partidária, bem como o mandato parlamentar. A Seguir o comunicado petista:

NOTA OFICIAL

A Comissão Executiva do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Paraná determinou nesta segunda-feira, (25), por unanimidade, a suspensão provisória das atividades partidárias, pelo período de 60 (sessenta) dias, da vereadora Ana Maria Branco de Holleben, de Ponta Grossa. Com a medida, a vereadora deverá se afastar dos cargos de direção partidária bem como do mandato parlamentar. A Executiva Estadual ainda determinou celeridade máxima na apuração e julgamento do caso pela Comissão de à‰tica do Diretório Municipal do PT de Ponta Grossa. A decisão foi fundamentada no Capítulo 4, artigo 246, do Estatuto do Partido dos Trabalhadores.

Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Paraná
Enio Verri – Presidente

Comentários encerrados.