Jornal Gazeta do Povo quer ser tigrão com Dilma, mas com Richa agora é tchutchuca

Com medo de encarar o governador Beto Richa, que está mais perto, jornal Gazeta do Povo mira na cabeça da presidenta Dilma Rousseff, que está mais longe.

Com medo de encarar o governador Beto Richa, que está mais perto, jornal Gazeta do Povo mira na cabeça da presidenta Dilma Rousseff, que está mais longe.

O Jornal Gazeta do Povo, edição desta sexta-feira (15), passa um baita de um recibo acerca do que dissera, na semana passada, o governador do Paraná Beto Richa (PSDB). Em editorial raivoso, o impresso lamenta que a oposição não seja combativa suficientemente em relação ao governo Dilma Rousseff mesmo diante dos números ruins da economia brasileira recém-revelados !“ inflação em alta, PIB sem sinais de crescimento, câmbio descontrolado, combustíveis em alta, Petrobras em queda…!.

Saudosista, o jornalão até diz sentir saudades do udenismo que levou Getúlio Vargas ao suicídio: Uma volta ao tempo nos levará à  lembrança do radicalismo oposicionista que desembocou no trágico suicídio de Getúlio Vargas em 1954!. Um horror. Corta a pinga.

Pois bem, o jornal quer ser tigrão com Dilma, mas se comporta com Richa como se fosse uma tchutchuca.

No último dia 7 de fevereiro, durante cerimônia de posse de secretários, o tucano deu um passa-moleque! no veículo curitibano que pertence ao grupo RPC/Globo ao dizer, na oportunidade, que o jornal se portava como Diário Oficial do governo federal e que nem a data do mesmo era verdadeira (clique aqui para relembrar).

à€s vezes a única coisa que é verdadeira num jornal é a data. Aqui em Curitiba, se você for comprar sábado à  tarde, nem a data confere!, disse Richa, parafraseando, segundo ele, o escritor Luís Fernando Veríssimo.

O governador estava fulo da vida com a manchete cravada naquele dia pelo jornalão: Indústria do Paraná tem o pior resultado em 15 anos!. Na reportagem, a bordoada em Richa era maior ainda: Produção industrial do Paraná tem o pior desempenho do século!.

Depois de ser enquadrado pelo governador, o jornalão afrouxou o sutiã. Agora está no sangue doce! com o tucano. Parece até mulher de malandro. Entretanto, resolveu baixar o sarrafo na presidenta Dilma.

Por outro lado, é bom frisar, somente na primeira semana de fevereiro de 2013, o governo de Beto Richa torrou a espetacular quantia de R$ 2 milhões em propaganda. Tal o pai político, Jaime Lerner, se os paranaenses desligarem a televisão a gestão tucana nem começa.

Resumo da ópera: O Jornal Gazeta do Povo não tem moral para cobrar da oposição a Dilma aquilo que não consegue fazer em relação a Richa.

Comentários encerrados.