Dilma Rousseff mira 2014 e adota ‘novo’ estilo

via Estadão

No corpo a corpo, Dilma visita empresários e assentamento do MST em Cascavel (PR). Foto: Roberto Stuckert Filho.

No corpo a corpo, Dilma visita empresários e assentamento do MST em Cascavel (PR). Foto: Roberto Stuckert Filho.

Pré-candidata à  reeleição em 2014, a presidente Dilma Rousseff acatou os conselhos do antecessor e padrinho político Luiz Inácio Lula da Silva e alterou a agenda para intensificar o corpo a corpo com empresários, representantes de movimentos sociais, sindicalistas e partidos da base governista. Desde janeiro, a presidente mudou a forma de se relacionar com setores da sociedade.

Deixou de lado o perfil mais técnico e passou a adotar estilo parecido com o de Lula, que comandava as relações políticas do governo de seu gabinete no Planalto. A mudança ocorreu após conversas com Lula ao final de 2012, em Paris, e no último dia 25, em São Paulo. Nas ocasiões, os dois traçaram estratégias para este ano e discutiram 2014. O ex-presidente manifesta preocupação com o baixo crescimento do País e o isolamento do governo, que teriam implicações negativas no seu plano de reeleger de Dilma.

Logo após se encontrar com Lula em São Paulo, Dilma mudou o tom. Em cima de um palanque, enalteceu resultados dos programas sociais iniciados pelo antecessor e disse que o Brasil crescerá. Dias depois, em Sergipe, criticou a política energética do tucano FHC. O ataque foi uma resposta à  direção do PSDB, que classificou como “antecipação de campanha” o anúncio da redução no valor da energia elétrica feito em rede nacional.

Na semana passada, começou a colocar em prática a aproximação com os movimentos sociais. Na segunda-feira, visitou – pela primeira vez desde que assumiu a Presidência – um assentamento do MST. No interior do Paraná, ouviu críticas à  política de reforma agrária, mas também aplausos e um coro de “Dilma novamente”, em referência a 2014.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Saiu um vídeo no youtube com algumas informações que os tucanos não vão gostar como o aumento da renda dos mais pobres 7 vezes mais do que os ricos no período de 2001 a 2011, olhem mais informações nesse video:
    http://www.youtube.com/watch?v=rAaxReYIC6g&feature=youtu.be&noredirect=1

  2. Sem contar a indústria naval, que no tempo do FHC, deu preferência pra contratação de estrangeiros, abandonando a mão-de-obra dos brasileiros, ao contrário de Lula que na indústria naval empregou mão-de-obra dos brasileiros.

  3. Gabrielle, meus parabéns, excelente texto, muitas informações que a tucanada odeia ler, tudo isso indo no fígado desses tucanos entreguistas.

  4. Perdão – “engavetador”

  5. Olho Vivo,
    de vivo vc não tem nada, é um analfabeto político, em primeiro lugar o Plano Real não é um secesso do governo FHC, foi criado no governo do ex-presidente Itamar Franco (FHC, foi um entre os vários idealizadores do Plano Real que compunham a equipe econômica do ex-presidente Itamar Franco). Em segundo lugar, FHC em seu primeiro mandato, destruindo a classe média, entregando o patrimônio público aos interesses privados e seguindo a cartilha do FMI com medidas recessivas controlou a inflação. Já o seu segundo mandato (1999-2003) foi um desastre maior ainda, não trouxe crescimento econômico e o país mergulhou profundamente na recessão. A desvalorização da moeda que estava atrelada ao Dólar ocorrida no início de 1999 disparou a inflação, trazendo o aumento generalizado dos preços. No segundo semestre de 2001, ocorreu a crise interna de energia elétrica, levando o governo a impor à população e as empresas um plano de racionamento de energia que ficou conhecido como “apagão”, como resultado da incompetência da administração tucana houve uma queda da produção industrial, aumento da inflação e do desemprego. Quebrado o governo tucano pediu socorro ao FMI e obteve, em agosto de 2001 13,8 Bilhões. Para quem critica o governo petista preste atenção nessa informação: a renda média do trabalhador brasileiro caiu de R$754,00 (1996) para R$590,00 (2002). Em outubro de 2002, diante da grave crise que o país enfrentava as aplicações financeiras foram suspensas e o preço do Dólar disparou chegando a R$4,00, a inflação atingiu 12,5%, desorientado e desesperado (devido a ingerência tucana o Brasil estava literalmente quebrado), o governo FHC novamente pediu SOCORRO para o FMI e obteve mais 30 Bilhões de Dólares sob a condição de se enquadrar as malditas e recessivas regras dessa instituição financeira. Já entrei na fase dos “enta” e me lembro muito bem dos escândalos do governo FHC, na aprovação da Reeleição pelo Congresso favorecendo o ex-presidente (na época alguns deputados afirmaram terem recebido $ para votar à favor), nesse período não se investigava nada, todas as denúncias eram ignoradas pelo “gavetador” oficial Gerado Brindeiro , o caso de Furnas, as privatizações (desculpe o termo correto é a entrega vergonhosa do patrimônio público aos interesses privados), as desastrosas concessões de pedágios, ETC., ETC., ETC”¦
    Foi Lula o metalúrgico ignorante que limpou a sujeira deixada pelos tucanos (àqueles que odeiam os pobres) e, colocou o Brasil no prumo!!!!!!! Hoje o Brasil é a 6ª maior economia do Mundo, caminhando para ser a 5ª, possui uma reserva cambial muito superior a sua dívida externa, é credor do FMI -a dívida feita pelos tucanos foi paga, possui o menor índice de desemprego da História, possui a menor taxa de juros da História, pela primeira vez em sua História reduziu a tarifa de energia elétrica, o Ministério Público e a Polícia Federal possuem independência em relação ao Poder Executivo ““ nenhuma denúncia é engavetada, todas são investigadas, enfrenta uma das maiores crises financeiras de toda Historia do capitalismo de cabeça erguida e, acima de tudo: dá um exemplo de DEMOCRACIA para o Mundo!

  6. Nao acredito o que acabei de ler, Plano Real graças ao governo FHC? Diga la Itamar Franco, conte pra nos a verdade sobre o plano real:
    https://www.youtube.com/watch?v=-bUuaZ1MOTI

  7. Esse parece ser o Olho Morto do Betinho, vao se abraçar ano que vem nas derrotas nas eleições.

  8. olho vivo vc ta mais pra olho morto. nao adianta vc vai ter q aguenta os pt pelo menos mais uns 12 anos kkkkkk dilma la gleicinha aqui no parana.

  9. PqPariu,
    o custo de vida anda nas alturas, porém, é nenos da metade da inflação do último ano do governo tucano, pois em 2002 a inflação atingiu 12,5%, além disso, hoje pelo menos a renda média do trabalhador está em alta, na época do desgoverno tucano a renda média do trabalhador no Brasil despencou: de R$754,00 (1996) para R$590,00 (2002). Enquanto no governo do PT os pobres ingressam na classe média, no período tucano a classe média praticamente desapareceu. O sucesso do PT nas últimas eleições está fundamentado na realidade, as pessoas que têm memória não querem voltar para miséria.

    • Se vê que a tal de Gabrielle é bem Ptistazinha mesmo, não faça comparações sobre o que não sabes ou que não entendes. O plano real foi um sucesso e tudo graçss ao governo FHC que você e toda PTzada odeiam, a inflação só está neste patamar graças a este plano que Lula foi contrário, não sei se você é do PT desta época, eu era, Se tudo tivesse seguido a vontade de Lula o metalúrgico ignorante, hoje seríamos um país falido e sem qualquer perspectiva, sacou?

      • Esse olho vivo é cego politicamente! Não enxergar os avanços sociais e econômicos nos 10 anos do governo do PT é ser míope político…

    • Cara Gabrielle,
      Sou um ex-petista que acreditou, brigou, votou, se filiou e foi enganado e traído. Você também foi traída, se for uma trabalhadora da iniciativa privada..
      Os governos Lula e FHC são muito parecidos no atacadão. Só que de FHC nós poderíamos esperar uma traição. Já do Lula, que subia nos palanques e criticava os governos ateriores pelo modo que tratava aposentados e trabalhadores da iniciativa privada, além dos lucros dos bancos, latifundiários, ruralistas, multinacionais, etc, não… Nunca esperava tamanha traição.
      Este papo de renda do brasileiro, é furado. Os únicos que estão bem, são os funcionários públicos, de multinacionais.
      Na inciativa privada os salários são miseráveis- 650, 700, 800 reais. Isto não dá para viver decentemente.
      Na Argentina e na Venezuela o salário mínimo é muito superior ao nosso.
      Recentemente fiz um levantamento de preços de julho de 2011 até agora:
      Arroz Buriti de 5,90 para 10,80; feijão de 1,97 para 3,70 (ou mais); óleo soja leve de 1,99 para 3,40 (ou mais); Tang de 0.45 para 0,85; patino de 8,90 para 15,80, picanha e file mignon de 19,90 para 29,90 (ou mais), café 5,15 para 7,90 (3 corações); presunto fatiado Frimesa de 8,90 para 19,90; queijo mussarela de 10,90 para 21,90; gasolina de 2,43 para 2,99; álcool de 1,79 para 2,09; diesel de 1,89 para 2,31.
      Sabe, Gabrielle, há muito tempo eu deixei de ter paixões por partidos e políticos. Não sei se um dia tive.
      O que vale para mim é o custo de vida baixo, salários decentes, hospitais equipados em vez de estádios de futebol, escolas com recursos e bons professores, esperança, Fé.
      O PT mudou demais. O que eles fazem no governo é obrigação.
      Maluf, Sarney, mensalão, dinheiro do BNDES para multinacionais e milionários brasileiros comprarem outras empresas e acabar com a concorrência e com empregos, falência de empresas brasileiras (Todeschini, etc…).
      Lula e o PT nunca serão esquecidos pela traição aos trabalhadores da iniciativa privada com a manutenção do Fator Previdenciário. Um dia você vai sentir isso se for trabalhadora desta categoria.
      Não se iluda com as pessoas, principalmente com os políticos. Eles são lixos.

  10. Vai começar a promiscuidade política.
    PT, PSDB, DEM, PSB… Tudo a mesma josta.
    O que vale é o custo de vida, que anda nas alturas.

  11. É Dilma e Gleisi aqui no Paraná e no Brasil !

  12. Dilminha paz e amor. Imagina o conflito
    interno da guerrilheira!

  13. E ISSO AI DILMA VAMOS QUEBRAR AS PERNAS DESSES MORTOS.

  14. E Dilma será reeleita, pra tristeza dos cachaceiros FHC e Aecio Neves, é Dilma la e Gleisi aqui, pra varrer a turma do Beto do Palácio Iguaçu.