Crise política em Colombo (PR) escandaliza o país

Como se quisessem revogar a Lei da Gravidade, de Newton, vereadores do município de Colombo (PR) tentam revogar por decreto denúncias de fraudes em licitação que impediram a tucana Beti Pavin de assumir a prefeitura local. Na foto, o prefeito provisório Pelé! e a prefeita que tenta driblar os rigores da Lei da Ficha Limpa.

Como se quisessem revogar a Lei da Gravidade, de Newton, vereadores do município de Colombo (PR) tentam revogar por decreto denúncias de fraudes em licitação que impediram a tucana Beti Pavin de assumir a prefeitura local. Na foto, o prefeito provisório Pelé! e a prefeita que tenta driblar os rigores da Lei da Ficha Limpa.

Pauteiros de grandes redes de rádio e televisão estão alvoroçados com a crise política sem fim no município de Colombo, região metropolitana de Curitia, oitavo maior colégio eleitoral do Paraná, que pode pode se transformar na “capital nacional do casuísmo”.

Para você que está chegando agora, adiciono rápidos esclarecimentos:

1) A ex-deputado Beti Pavin (PSDB) foi eleita prefeita nas últimas eleições, mas não pôde ser diplomada e assumir a prefeitura porque estava impedida pela Lei de Ficha Limpa. Por força de uma decisão monocrática do TSE (clique aqui para relembrar), a tucana poderá sentar na cadeira na próxima sexta-feira (22).

2) A Câmara Municipal de Colombo também está toda encrencada. Foram eleitos 21 vereadores, mas a Justiça determinou que fossem apenas 13 cadeiras. O Tribunal de Justiça concedeu uma liminar para que o legislativo começasse a funcionar (clique aqui para relembrar).

3) A prefeitura vem sendo tocada provisoriamene pelo vereador José Renato “Pelé” Strapasson (PTB), mas, se confirmada a redução da Câmara, ele não estará entre os 13 eleitos.

Dito isto, volto à  vaca fria, aos motivos da repercussão nacional do caso da crise colombense.

A governista Câmara Municipal, segundo a oposição, tentou dois golpes logo na primeira sessão de 2013.

O primeiro consiste em uma emenda à  Lei Orgânica Municipal, de autoria do vereador Waldirley Bueno (PMDB), que aumentaria de 13 para 21 parlamentares na Casa (clique aqui para relembrar). O peemedebista foi acusado de legislar em causa própria e ontem, devido à s criticas, a votação do projeto foi adiado.

O segundo golpe da Câmara, ainda de acordo com oposicionsita, teria o objetivo de burlar a Justiça e seria o mais grave porque — através de um novo decreto legislativa — os vereadores tentariam anular o anterior, de 2001, que rejeitou as contas da tucana Beti Pavin.

“Artigo 1!º: “Fica decretada a nulidade do Decreto Legislativo N!º 131/2009, e do julgamento das contas do Poder Executivo referente ao exercício de 2001, realizado na Sessão Extraordinária do dia 10 de junho de 2009”, diz o trecho do projeto, cujo teor se assemelha ao desejo de revogar a Lei da Gravidade.

Diante da movimentação de fotógrofos e cinegrafistas em Colombo, um morador abordado por profissional da imprensa não perdeu o bom-humor, mesmo diante da crise que já dura quatro meses: à‰ para o Fantástico?!.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. cara.porque não param com essa babaquice de ficar achando problemas na nossa politica,e deixa esse povo q já não gosta de trabalhar fazer alguma coisa por colombo.será que é tão difícil assim,o povo elegeu a mulher deixa ela trabalhar gente ignorante!

    • Hó Sr. Ney, talvez o senhor não saiba fazer reflexão. Talvez, eu seja até, um dessas gentes ignorante como o senhor diz. Mas, sou um cidadão honesto e correto, realmente ficha limpa, não tenho nem uso mascara. E mais, sou conhecedor de ADMINISTRAÇÃO PUBLICA, sei fazer. Por isto senhor Ney, é que não concordo com esses eleitorados que ai estão, olhe, colombo hoje se resumi em três famílias. O senhor sabe o que isto significa, significa é que o nosso município, mais uma vez, servirá para encher os bolsos de alguém e criar trampolim para o governo federal é só isso sr. Ney. Portanto senhor Ney, se nós Colombense não fizer alguma coisa pelo nossos impostos e pelos nossos futuros, não chegaremos a lugar nenhum. O nosso futuro Colombo morrerá na casca, ficara retro gado, sem desenvolvimento, sem saúde, sem educação, sem infraestrutura decente, sem apoio rural, sem incentivo profissional e sem segurança. Um Município entregue as baratas, sem rumo, sem destino, virado em favelas e reservas de coisas ruim sabe sr. Ney. É isso que o senhor deseja, pois não é o que eu desejo ok. Vamos arregaçar as mangas e por fora, todas essas coisas ruim que estão atropelando, degringolando Colombo.

      Um abraço, eu te convoco em nome de colombo e de nossas famílias ok.

  2. Fontes seguras me disseram que há uma grande revolta dos funcionários de carreira que estão sendo explorados pelos comissionados desde o início desta gestão! Aguardem mais um escândalo da administração ficha suja que vai envergonhar ainda mais nossa cidade. Só vai dar cabides comissionados da parentada dos Pavins, Strapassons e Tosins…

  3. comcordo com comentario do JUSTO, estamos na mãos destas familias a 40 anos,chega dos mesmo, eles querem acabar com a prefeitura do maracana, coronelismo acabou!!!! basta

  4. Isso é um retrato do país. Nada funciona. Ninguém cumpre nada. Sempre tem um juiz amigo para te dar razão.

  5. Bom, esse pessoal de Colombo, que estão tentando desesperadamente fazer essas falcatruas, ainda vivem do passado, pensam que estão na epoca dos coronéis, onde se pode fazer tudo e nada acontecer, TOSIN, PAVIN, STRAPASSON essas familias se dizem uma das criadoras de COLOMBO e bla bla bla, porém é os sobrenomes dos que tentam burlar a LEI, e que corrompem outras pessoas, fazem todo tipo de merda na vida publica, me apontem 1 decente sem o rabo preso, mas quero dizer, que em COLOMBO nao existe apenas essas famílias não, tem inúmeros sobrenomes, como Barreto, lopes, ferreira, Andrade, etc, etc, pessoas honestas, que brigam pela democracia de forma justa e transparente, essas fazem COLOMBO CRESCER e não 3 ou 4 sobrenomes, que suga nossa cidade a décadas!!!!

    Como disse a epoca dos coronéis ja acabo faz tempo!!!
    E o povo esta cansado do descaso!! tomem vergonha na cara politicos de COLOMBO!!!

  6. Dá vergonha morar nessa cidade, Esmael, porque a Cassadíssima vai ser empossada dia 22, e a mesma é ficha-suja …. agora o pau-mandado do Waldirlei, junto com os governistas, querem anular a rejeição de contas dela ?? E a lei da ficha limpa vai pro ralo ?? O que querem ? Fazer os colombenses de otários ?? Meu deus, falaram tanto das “atrocidades nazistas” do Jota camargo, mas Beti Pavin está se tornando um “Hitler de saias”, ou melhor, de calças largas!! Pobre povo de Colombo !! É o fim mesmo isso aí, não temos um político decente nessa cidade …

  7. enquanto isso.. devido aos buracos nas ruas, já consigo manter contato com meus amigos japoneses e treinar um pouco a língua!!!

    -Nanika kawattta koto ga arimasu ka?
    -Kawatta koto wa arimasen, itsumono tori desu yo.
    -Baita! (kenka no toki dake)

  8. a propósito seria um Baka-baka shii ou um abacaxi?