Dilma decreta luto de 7 dias pela morte de Niemeyer

via Brasília 247

País está em luto oficial por sete dias pela morte do arquiteto Oscar Niemeyer, velado nesta quinta-feira no Palácio do Planalto; anúncio foi feito agora à  tarde pela presidente Dilma Rousseff; Dona Vera, a viúva, também esteve presente à  cerimônia.

A presidente Dilma Rousseff decretou nesta quinta-feira (6) luto oficial de sete dias pela morte do arquiteto Oscar Niemeyer. Mais cedo, o governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz também havia decretado luto pelo menos período na capital do país. O corpo do arquiteto será velado no Salão Nobre do Palácio Planalto até à s 21h.

Além da presidente Dilma Rousseff, participaram do velório diversas autoridades como os presidentes do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, do Senado Federal, José Sarney, da Câmara dos Deputados, Marco Maia, além de vários ministros de estado.

Niemeyer morreu à s 21h55 desta quarta-feira 5, a dez dias de completar 105 anos, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. Ele ficou 33 dias internado e faleceu de uma infeccção respiratória.

Comentários encerrados.