Twitter de Veja pediu fotos do Enem

do Brasil 247

Como os alunos eram proibidos de levar câmeras fotográficas ou celulares à s provas, publicação foi chamada de “talibã da imprensa” por supostamente estimular a fraude e a desclassificação de estudantes.

Nesta madrugada, à s 0h44, o ator Paulo Cesar Pereio postou o seguinte tweet. “Veja partiu para a delinqà¼ência. Inventa matéria contra Lula, frauda prova do Enem… à‰ a talibã da imprensa, o PCC da comunicação.” O motivo: antes da prova de redação, ocorrida neste domingo, o Twitter oficial de Veja postou, à s 11h59m, a seguinte mensagem: “Compartilhe fotos do Enem no Instagram: #VEJAnoEnem. As melhores serão exibidas em VEJA goo.gl/e2wq1

Detalhe: pelas regras do Exame Nacional do Ensino Médio, os alunos não poderiam levar nem câmeras fotográficas nem celulares aos locais das provas. E quem fosse flagrado tentando capturar alguma imagem seria imediatamente desclassificado, como ocorreu com dezenas de estudantes. Depois desse tweet infeliz, as fotos no Instagram não foram postadas no site de Veja.com.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I am all new to blogging and site-building and actually liked this blog. More than likely I’m planning to bookmark your blog post . You definitely have awesome article content. Thank you for sharing with us your blog.

  2. Partido dos Blogueiros Golpistas.

  3. Compartilhar fotos ”do Enem” não significa necessariamente ” fotos DA PROVA do Enem”. Poderiam ser tiradas fotos na entrada, ou algo que representasse o Enem, até mesmo por alguém que não fosse fazer a prova…existe uma brecha nessa frase.