Fiasco eleitoral do PSDB no Paraná é culpa de Richa, diz Alvaro Dias

* Partido só elegeu 76 prefeitos em pequenas cidades

Alvaro: a culpa é de Richa.

O senador Alvaro Dias (PSDB) disse numa entrevista coletiva na manhã de hoje, em Londrina, Norte do Paraná, onde votou neste segundo turno, que o PSDB fez um gol contra ao não lançar candidaturas próprias nos maiores colégios eleitorais do estado.

“O PSDB fez um gol contra. Ele deixou de ser [um partido] protagonista para ser mero figurante”, fuzilou o senador tucano.

Alvaro imputa ao grupo político do governador Beto Richa a derrota sofrida em Curitiba e a ausência de candidatos tucanos nas principais cidades paranaenses.

A sigla conseguiu eleger nestas eleições somente 76 prefeitos em pequenas cidades. O estado possui 399 municípios, dentre os quais cinco têm segundo turno (Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Ponta Grossa). Em nenhum o PSDB está participando com candidato próprio.

“O PSDB foi usado para barganhar em nome de interesses escusos de um grupelho que comanda o Estado”, criticou o senador.

Richa é presidente licenciado do PSDB do Paraná. O partido é comandado por seu parceiro Valdir Rossoni, que também preside a Assembleia Legislativa.

Comentários encerrados.