Rafael Greca é sabatinado pelo jornal Gazeta do Povo

Gazeta do Povo fisgou Rafael Greca pelo estômago? Foto: Renata Freitas.

O jornal Gazeta do Povo sabatinou ontem (10) o candidato a prefeito de Curitiba pelo PMDB, Rafael Greca, que destacou suas propostas nas áreas de saúde, mobilidade urbana e relações políticas.

O que chamou a atenção na sabatina (veja a foto) foi a quantidade de guloseimas sobre a mesa. Será que o jornal fisgou Greca pelo estômago?

Pelo sim pelo não, segue o resumo da entrevista com o peemedebista:

Saúde, mobilidade urbana e trânsito, cultura, educação e relações político partidárias foram alguns temas respondidos pelo candidato do PMDB a prefeito de Curitiba, Rafael Greca, ao abrir, nesta segunda-feira, 10, a série de sabatinas promovida pelo jornal Gazeta do Povo. Por quase duas horas, Greca respondeu uma série de perguntas feitas pela equipe de jornalistas e editores do jornal.

Na “coletiva”, o peemedebista aproveitou para destacar projetos como o metrô aéreo, a importância de estabelecer-se um programa de engenharia de trânsito para a cidade, de investir-se para reativar o centro cultural e histórico de Curitiba e, incisivamente, desmistificar perguntas feitas, de forma repetida pelos profissionais de comunicação, sobre as suas relações políticas e partidárias.

Mobilidade urbana

No tema mobilidade urbana, Greca disse que pretende construir o metrô aéreo e não subterrâneo (como prevê o atual projeto). O projeto apresentado por Greca pretende interligar os municípios da Região Metropolitana de Curitiba e não limitar-se a atender apenas moradores de poucos bairros da capital paranaense.

Ainda ao referir-se sobre mobilidade, Greca criticou a proposta de outros adversários de implantarem os estacionamentos subterrâneos.

A cidade não precisa de estacionamentos subterrâneos. Precisa incentivar as pessoas a irem para o Centro de ônibus, a conviverem de forma humanitária nos calçadões da cidade!, disse.

Greca também destacou a importância de implantar-se um programa de engenharia de trânsito, que substitua os radares de trânsito por lombadas eletrônicas educativas, escalonamento de horário, exclusão dos radares de três tempos e ampliação da malha viária de transporte público coletivo.

Saúde

Na saúde, Greca disse que pretende melhorar os salários do médicos para motivá-los a permanecerem no sistema público. Com bons salários e segurança, os médicos ficarão no serviço público!. Criticou ainda os hospitais específicos. Daqui a pouco teremos o hospital da loira!, disse o peemedebista. Para o concorrente, as emergências terão de ser atendidas nos hospitais de referência.

Educação

Sobre educação, Greca foi questionado sobre a falta de creches em Curitiba. Disse ele, como resposta, que conseguirá criar 26,5 mil vagas ao mudar o funcionamento e operacionalidade do sistema. A proposta de Greca é deixar as crianças de 0 a 3 anos nas creches que já existem e colocar os de 3 a 6 anos no maternal nas escolas municipais de Curitiba.

Vamos fazer investimento na contratação de educadores, pedagogos, e demais profissionais da área!.

O candidato peemedebista respondeu ainda pergunta específica quanto ao problema das pichações em Curitiba. Se eleito, afirmou Greca, vai instalar em Curitiba uma fábrica da empresa francesa que produz a tinta antipichações. O produto seria utilizado em bens públicos e em imóveis particulares. Pela proposta, os proprietários poderão solicitar que a prefeitura faça a aplicação da tinta. O serviço será cobrado por meio do IPTU.

Desmistificação

No campo da política, o candidato peemedebista desmistificou questionamentos bastante repetidos e incisivos com respeito à s posições político-partidárias, o apoio do senador Roberto Requião à  sua candidatura e a convivência com o ex-governador Jaime Lerner.

Sintetizou Greca: Os dois (Lerner e Requião) cada um ao seu modo, deram a sua contribuição para a cidade!, disse Greca ao ressaltar a importância dos programas de planejamento urbano desenvolvido por Jaime Lerner e dos projetos sociais implantados por Requião, quando foram prefeitos de Curitiba, em ocasiões distintas.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Greca FOI um bom prefeito o que não significa que SERÁ!
    Diferentemente do passado está numa equipe desunida e fraca aqui em Curitiba que é o caso do PMDB, além disso não tem nem recursos para fazer uma campanha de massa, duvido que terá para melhorar toda a nossa Curitiba visando tanto problemas deixados pela atual e irresponsável gestão!!

  2. Greca é simpático, foi um bom prefeito porém hoje curitiba ta precisando de carne nova no pedaço,chega desses mesmos de sempre, que nos roubam sem parar (não o caso do Greca).

  3. Oi Esmael, vi no FB que a filha do Lerner teve náuseas das declarações do Gerça.

  4. O inteligente e culto Greca já tem o meu voto e da minha família. Foi um ótimo prefeito, fez importantes obras direcionadas aos mais pobres, como a revitalização da Vila Pinto, restaurante de 1 real, e Hospital do Bairro Novo. Sem falar nos postos 24 horas, ruas da cidadania, nos diversos parques e Farol do Saber. Greca precisa voltar à prefeitura para colocar a casa em ordem.