Veja essa: Rachou o PRTB

Carlos Moraes (PRTB).

O apresentador Carlos Moraes, ex-candidato a prefeito e ex-candidato a vereador pelo PRTB, não gostou nem um pouco de ser defenestrado pela coligação de Gustavo Fruet (PDT, PT, PV e PRTB).

O PRTB aceitou ontem (3) apoiar a candidatura de Fruet sem mesmo coligar-se na proporcional, ou seja, sem lançar candidato algum.

Diante da inusitada situação, Moraes divulgou uma veemente nota de repúdio destacando o racha no PRTB. Leia a íntegra:

“Retirada abrupta do PRTB da chapa proporcional de Fruet causa racha no partido

O PRTB foi defenestrado ontem (03) da coligação na proporcional para a escolha dos vereadores no chapão encabeçado por Gustavo Fruet. O presidente do partido,Nivaldo Ramos quer permanecer na coligação com Fruet, sem nenhuma candidatura e sem ao menos divulgar com clareza e transparência o conteúdo desse apoio do PRTB. No entanto, o vice-presidente, o apresentador Carlos Moraes é até a favor de aliança na proporcional, porém com um acordo firmado em cima de propostas e compromissos com a cidade e não meramente por interesses pessoais. O PRTB vem defendendo desde o início do processo eleitoral desse ano em palestras e conferências intituladas como, Projeto 100% Curitiba, uma proposta firme de governo para candidatura própria ou eventuais coligações.

Caso não haja possibilidade de inclusão de pelos menos uma parte desses projetos que foram discutidos durante um ano com lideranças,filiados e simpatizantes do PRTB, no programa de governo de Fruet, de acordo com Moraes, é preferível marchar com candidatura própria.

Candidatos a vereador do chapão pró Fruet teriam exigido o rompimento com o PRTB diante da possibilidade do nome de Carlos Moraes abocanhar uma cadeira na matemática dos propensos eleitos. O PRTB não pode ser uma sigla de aluguel e continuar na majoritária sem pelo menos um nome para a Câmara Municipal. Vou solicitar ao partido que reúna a executiva com a proposta inicial, de candidatura própria e chapa pura!, disse Moraes.

O Jornalista Carlos Moraes estava filiado ao PSC, e era cotado para ocupar uma cadeira na Câmara dos Vereadores pelo partido e em outubro do ano passado foi convidado a ingressar no PRTB para disputar a eleição para a prefeitura.Espero que os diretórios nacional e estadual mantenham aquilo que foi acordado em reuniões desde a minha entrada no partido: candidatura própria à  prefeitura.

Segundo o presidente do PRTB do Paraná, Nivaldo Ramos, o líder nacional da agremiação, Levy Fidelix, defendeu desde o início das discussões desse pleito de 2012, candidatura própria nas capitais, sobretudo em Curitiba, justamente para difundir as propostas nacionais da sigla. Porque somente agora mudaram as regras do jogo? Certamente, Fidelix, o presidente nacional do partido não deve ter sido informado da verdadeira balbúria em que o PRTB está sendo levado na disputa municipal desse ano em Curitiba”, disse Moraes.

Comentários encerrados.