Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Richa reclama da Justiça que proibiu propaganda pró-Ducci

Richa perdeu o direito de veicular comerciais na tevê sobre as UPSs.

O governador Beto Richa (PSDB) não gostou nem um pouco da suspensão dos comerciais sobre a instalação das Unidades Paraná Seguro (UPSs) em Curitiba. A Justiça Eleitoral entendeu que a propaganda do governo estadual beneficiava a candidatura à  reeleição do pupilo do tucano, o prefeito Luciano Ducci (PSB).

Para Richa, a decisão do juiz eleitoral Marcelo Wallbach Silva é “descabida” porque a Lei Eleitoral não proíbe a divulgação de propaganda institucional.

Se o governo federal pode, porque o estadual não? Ninguém está acima da lei. Nem o juiz!, contestou, conforme registro do repórter Sandro Moser, do jornal Gazeta do Povo.

Ducci, dependente das ações de Richa na capital, também ficou desenxabido com a decisão judicial. Segundo ele, o governo estadual não pode parar ações de melhoria a segurança pública em Curitiba por conta de uma influência ou não que pode ter no processo eleitoral!.

No último domingo (22), o coordenador jurídico do candidato Gustavo Fruet (PDT), Luiz Fernando Pereira, conseguiu na Justiça a proibição dos comerciais do governo do estado sob a alegação de que eles promoviam o prefeito! Luciano Ducci.

Comentários desativados.