Facebook censura foto da Marcha das Vadias de Curitiba. Pode isso, Arnaldo?

Imagem censurada pelo Facebook. Foto: Blog do Esmael.

“A regra é clara, cartão vermelho para a censura”, diria Arnaldo.

No sábado (14), no início da Marcha das Vadias, em Curitiba, eu postei no meu perfil do Facebook uma foto com o título “Toda nua: Ela tirou a roupa, mas está coberta de razão!”.

Pois bem, nesta segunda-feira (16) deparei-me com a notificação de remoção da imagem de Xênia Mello, encarnando na marcha Frida Kahlo, que empunhava um cartaz com mensagem profética: “Facebook censura os meus peitos mas não censura o machismo”.

Os censores do Facebook viajam na maionese. O protesto de sábado nada teve a ver com sexo. Teve, sim, a respeito da violência contra as mulheres, do ódio racial e étnico, do preconceito, do sexismo, do machismo, etc.

Comentários encerrados.