Verba de gabinete de deputados estaduais pode saltar de R$ 60 mil para R$ 80 mil

* Aumento pode chegar a R$ 12,9 milhões ao ano

por Ivan Santos, via Jornal do Estado

Valdir Rossoni (PSDB), que nega aumento, tem vendido imagem de austeridade.

A cúpula da Assembleia Legislativa estuda aumentar de R$ 60 mil para R$ 80 mil mensais a verba a que cada um dos 54 deputados estaduais tem direito para pagar assessores que ocupam cargos comissionados em seus gabinetes, preenchidos sem concurso público, por indicação política. O aumento, de mais de 33%, representaria um gasto adicional de R$ 12.960.000,00 ao ano para os contribuintes paranaenses e elevaria a chamada verba de gabinete do Legislativo estadual a um patamar superior ao da Câmara Federal. Atualmente, os 513 deputados federais e 81 senadores tem direito a R$ 60 mil cada para pagamento de salários de até 25 assessores por gabinete.

O gasto pode ser ainda maior, já que o plano prevê também o aumento das verbas para a contratação de assessores comissionados por parte das lideranças partidárias da Assembleia. Segundo fontes da Casa, a intenção é elevar de R$ 60 mil para R$ 100 mil mensais o recurso que cada liderança tem para contratar e pagar assessores, um aumento de 60%. Como a Assembleia tem dez lideranças partidárias, o aumento implicaria em gastos adicionais de R$ 4.800.000 ao ano.

Caso esses aumentos se confirme, cada um dos deputados estaduais poderá passar a ter direito a um total de R$ 131,4 mil por mês em verbas. à‰ que cada parlamentar recebe R$ 20 mil de salário, e tem direito a outros R$ 31,4 mil para despesas com telefone, correspondência, combustível, transporte, alimentação, e outros gastos. Essa última verba, que era de R$ 27,5 mil até o ano passado, foi aumentada em janeiro deste ano. A justificativa na época foi de que o valor estava congelado desde julho de 2009, e de que o reajuste, de 14,4%, corresponderia à  reposição inflacionária do período medida pelo àndice Nacional de Preços ao Consumidor. O reajuste implicou em um gasto adicional de R$ 2,7 milhões ao ano.

Procurado pela reportagem do Jornal do Estado, o presidente da Assembleia, deputado Valdir Rossoni (PSDB), negou, através de sua assessoria, que o aumento das verbas de gabinete esteja em discussão nesse momento. Segundo ele, o que foi discutido na reunião dos líderes partidários, ontem, foram as adequações que a Casa terá que fazer para atender a Lei de Acesso a Informação, caso haja uma decisão da Justiça para que os salários dos servidores do Legislativo tenham que ser publicados na internet.

Fontes da Casa garantiram, porém, terem sido procuradas por integrantes da Mesa Executiva para tratar do assunto. E que um projeto de resolução relativo ao aumento estaria sendo preparado para ser apresentado nos próximos dias.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I am just newbie to weblog and truly savored you’re web site. Likely I’m want to bookmark your blog . You really come with superb articles and reviews. Regards for revealing your blog.

  2. cade as proposta dos nossos candidatos para fazer uma reforma politica que corte na rais a corrupção dos políticos no brasil..? peço aos políticos do brasil..! apresente uma reforma politica que acabe com a Unanimidade parlamentar. NOS brasileiros ficariam muito feliz em ir as urnas mas sabendo que tinha um candidata, realmente com uma intenção clara de corta a corrupção pela rais..! por que a rais da corrupção esta nos ecesso de direitos que as leis concede aos politicos, aos parlamentares..!brasileiros..!

  3. é uma vergonha a politica brasileira, só temos a lamentar a situação que se encontra o nosso país. eu pergunto..! ate quando temos que pagar tanto e receber tão pouco em beneficio..! por este motivo educação, saúde ,segurança esta neste estado di calamidade publica…!
    infra estrutura no país, não tem nem comentario…!

  4. Quando é que a ficha destes picaretas vai cair ? Enquanto que vivemos no século 21 os caras ainda usam práticas do século 19. Temos a poderosa arma do voto para cortar o barato destes trastes.

  5. Esse mente e gosta de uma melancia no pescoço

  6. Fala sério….ninguém avisou o Rossoni que ele ficou o fino do ridículo nessa foto. O Rossoni, além de ter perdido o chão, perdeu a noção do tempo. Essa foto está simplismente MEDONHA.
    Quanta demagogia barata. Ela acha que os eleitores são tongos. (só são tongos, os que eles compram os votos em Guaratuba…).
    Esse Rossoni vai levar o trofeu de “A última Bosta que o Diabo Cagou”.