Chama o síndico: Lucro da Copel despenca 17% no trimestre

Governador Beto Richa.

A promessa do então candidato ao governo Beto Richa (PSDB), em 2010, era transformar a Companhia de Paranaense de Energia (Copel) numa empresa rentável a acionistas. Um ano e meio depois da posse, a realidade hoje é outra. A estatal vê seus lucros despencarem a índices preocupantes: 17% no trimestre.

O blog ouviu um ex-diretor da energética para saber o que provocou a abrupta queda nos lucros. O executivo, que pediu para não ser identificado, acredita em má gestão na companhia. Ele atribui a perda de lucratividade aos supersalários que a Copel paga à  diretoria.

Esse mesmo ex-diretor da estatal de energia observa que, embora a queda nos lucros seja de 17%, houve um aumento de 11% nas receitas, o que, na opinião dele, reforça a tese de problema na gestão.

A seguir, reproduzo uma nota publicada no último dia 15 de maio Valor Online e Estado de S. Paulo acerca dessa questão:

Lucro da Copel recua 17% no trimestre

Uma pressão de custos e despesas empurrou para baixo o resultado da Copel no primeiro trimestre. A empresa encerrou o período com lucro de R$ 314,1 mi, queda de 17% em relação a um ano antes.

As receitas subiram 11%, para R$ 2,02 bi. Os custos e despesas operacionais, contudo, somaram R$ 1,58 bi, alta de 15,1% na comparação anual.

O resultado financeiro também contribuiu para a queda na última linha do balanço. No primeiro trimestre, a Copel registrou uma receita financeira líquida de R$ 15,3 mi, 86% menor do que a registrada entre janeiro e março de 2011.

O Ebitda atingiu R$ 585,407 mi de janeiro a março, significando retração de 0,3% ante os R$ 587,175 mi contabilizados em igual intervalo no ano passado.”

26 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. deixo um post do sitio do blog polaco doido http://www.skora.com.br , só falta a diretoria da copel querer censurar este blog: Queda 16,9% nos lucros da Copel?
    04/06/2012 12:16 in Raio X Deixe um comentártio

    Apesar do considerável aumento na arrecadação da Companhia Paranaense de Energia, R$ 2.024,6 milhões para o primeiro trimestre de 2012 (no mesmo período em 2011 este valor foi de R$ 1.826,2 milhões), um aumento de 10,9%. Os lucros da empresa sofreram uma queda de quase 17% para o mesmo período.

    Como explicar essa queda nos lucros da empresa?

    Mais investimentos? Não é o que parece.

    A compra do avião para uso do poder executivo do estado também não justifica esta queda.

    Seriam talvez, os estetoscópios distribuídos para estudantes de medicina para os colegas da filha de um dos diretores da empresa? Também não.

    Mas com base no informativo Trimestral da Copel, disponível aqui: http://www.copel.com/hpcopel/root/sitearquivos2.nsf/arquivos/rel0312/$FILE/Rel0312.pdf fica fácil perceber o real motivo da diminuição destes lucros.

    Algum espertalhão resolveu aumentar o percentual dos lucros distribuídos aos acionistas da empresa. Até 2010 este percentual era de 25%. Em 2011 esse valor saltou para 35%, só para agradar os investidores da bolsa de Nova York.

    Essa “paga” aos acionistas tem nome: Juros Sobre Capital Próprio ou (JCP) e em 25 de maio os acionistas receberam R$ 195,3 milhões remanescentes do exercício 2011. No total foram repassados R$ 421,1 milhões aos investidores pelo exercício 2011.

    Se juntarmos estes R$ 195,3 milhões ao lucro anunciado de R$ 319,7 milhões, o lucro da empresa seria bem maior e, este lucro, poderia ser convertido em mais investimentos, valorização de funcionários e até quem sabe, uma considerável diminuição nas tarifas.

    Infelizmente a Copel está em poder de acionistas na maioria estrangeiros e são eles que determinam os destinos da empresa paranaense de energia.

    Claro que esta queda nos lucros também pode servir para justificar um futuro projeto de privatização da mesma. Afinal, como todos sabemos, para os governos demotucanos Privatizar é preciso, viver não é preciso!

    Nós, o povão, só pagamos as tarifas.

  2. Lucro cair 17% é uma coisa . Dar prejuizo é outra muito diferente.

    Por exemplo (numeros ficticios) lucro liquido em 2010 : 1 bilhão
    lucro liquido em 2011: 830 milhões.
    Queda de 17% no lucro liquido de 2011 para 2010.

    Não deu prejuizo nem em 2010 nem em 2011.

    Se permanecer em queda o lucro ai sim passará a dar prejuizo.

    A ALEP e o TCE não teriam que investigar o motivo da queda no lucro da COPEL ? Ou o Conselho Administrativo da COPEL ?

    • a alep investigar? brincadeira tua? veja o caso do comentario acima do parreiras rodrigues, ele é acessor de imprensa do deputado luis acorssi do psdb( http://joaquimdepaula.blogspot.com.br/2008/09/crnica-do-jornalista-parreiras.html), ja fala em privatizar, coloque assim: acessor de imprensa de deputado do psdb, partido do desgovernador, fala em privatização, sabe quando a alep vai investigar seriamente qualquer coisa contra o governador, com o rossoni presidindo?
      NUNCA!!!!!!!! mesmo que va a falencia!!!!

  3. A COPEL só não está pior porque tem um corpo funcional, de base, muito atuante. A avaliação (interna, em processamento) dela não deverá ser muito boa.

    • caro copeliano, tb trabalho na copel e vejo que nós, funcionarios, estamos sendo negligenciados pela empresa. quem discorda da diretoria é taxado de estar contra a empresa. eu não morria de amores pelo Requiao(que gostava da copel e detestava s copelianos) mas o piá de prédio é pior pois despreza os copelianos e a copel. Esao sucateando para privatizar. O mais triste é saber que muitos copelianos votaram em beto richa.

    • não será boa, mas virão gerentes, superintendentes e outros dizer que o corpo funcional nao entendeu as perguntas, que nao soubemos responder. eles nunca admitem que o problemas vem de cima, ou seja, deles.

  4. muito comentário e falta visão a galera

    estes números para a opinião pública serve como justificativa para privatiza-la.

    não acredito nestes números, aposto que os números vão continuar caindo, até chegarem com a desculpa de que esta afetando os cofres do estado e a melhor opção seria a venda …. a conferir

    • como aconteceu com as empresas de telefone. sucatearam um bem publico, cortaram os investimentos mesmo com as empresas dando lucro, causando uma insatisfação popular para colocaram a culpa no tipo de empresa.

  5. Vide LITORÂNEO
    maio 31, 2012 às 12:35.
    Desculpem-me. Cometi alguns erros que vou tentar corrigir: 1-Quadro Próprio, ao invés de Quatro; 2 – VULTUOSO SALARIO e não SALÁRAIO; 3 – EXPERTS ao invés EXPESTS.

  6. Uai…a Petrobras tambem tem apresentado prejuizos, gente.
    E tai um bom motivo pra privatizar a Copel e olhem que o momento economico ta bom.

    • Vide SITE PETROBRAS, conf. transcrevemos:

      “09/02/2012 – Nosso lucro líquido em 2011 foi de R$ 33,3 bilhões.

      A nossa geração operacional de caixa, medida pelo EBITDA, aumentou 5% em relação a 2010. Nosso lucro líquido em 2011 foi de R$ 33 bilhões 313 milhões, 5% inferior ao apurado no ano anterior.”

      Então, que não se considere PREJUÍZO os aludidos 5%; apenas o LUCRO LÍQUIDO (33 bi) teria sofrido essa porcentagem, conf. acima.

      • Litoraneo, responder ao besteira rodrigues é perda de tempo, ja li as porcarias que ele escreve em outros posts, deve um psdbista revoltado que nunca passou num concurso publico e agora deve ter algum cargo comissionado nas secretarias da mulher , do irmão ou do filho do desgovernador.

    • podiam acabar com os carcos comissionados da assembleia tambem…

  7. o buraco é mais embaixo…

  8. Gente. Vamos BOTAR O PÉ NO CHÃO. São dois segmentos: 1 – O POVO que paga – e muito bem – as suas contas e remunera os prestadores de serviços e isto faz bem para todos; aliamos o útil ao agradável e a Administração flue normalmente com Pessoal do Quatro Próprio !. 2 – A INTERVENÇÃO DE POLÍTICOS DO PSDB em empresas públicas: daí o histórico DANTESCO FHC, SERRA e o que não queríamos que acontecesse também conosco, a exemplo do BANESTADO. O Jaime se “jogou de corpo e alma” na privatização COPEL, não conseguiu EXECUTAR o seu famigerado plano, mas o tal do BETO RICHA retoma o “trabalho” em nome da CULTURA PSDBISTA EM PASSAR PARA FRENTE O PATRIMÔNIO PÚBLICO. E não é tão difícil: é só designar para a Diretoria pessoal alheio à atividade, incompetente e “com a cabeça feita” para “ADMINISTRAR” a empresa: PAGA VULTUOSO SALÁRAIO para a “tarefa ser deflagrada”. Quanto aos meandros para se chegar ao intento, ELES SÃO EXPESTS (vide Privataria Tucana etc). Esses políticos DESSA LINHA têm que admitir que o ESTADO DO PARANÁ e o BRASIL não são deles; que a gestão é relativamente curta mas o Estado e o País são eternos. Que não se queira FAZER A SUA INDEPENDÊNCIA ECONÔMICA E DO SEU GRUPO em quatro anos, por conta de ILÍTICOS!. Pessoal: a desgraça é bem maior do que se possa imaginar: 1 Atente-se: criar-se-ão outros “mecanismos”…!!!

  9. Tem que ler o balanço da COPEL. Veja a origem de tudo.
    Ações contra a empresa mal geridas no governo passado.
    É a M.. Cordunda.
    O ex-diretor, escondido que disse isso é um incompetente que não cuidou ou deixou a bomba relógio armada.
    Hoje a empresa cresce, busca receita fora do estado que será investido aqui.
    Antes andava de lado.
    Há, esperem o reajuste tarifário da COPEL e vejam como a empresa é mal administrada…será zero ou terá decréscimo…

  10. Esse é mais um resultado do “Xoke de Jestão” tucano. Tomara que a próxima eleição para governador chegue rápido senão será tarde demais. Que Deus tenha piedade de nós.

  11. TAMBÉM A GALERA DO LERNER VOLTOU SÓ PODERIA DAR NISSO.

  12. O professor!!!
    Má gestão é para ser polido!
    Gestão de MERDA seria o mais correto.
    A energia subiu em media 27 % na gestão do Richa.
    Cortaram o desconto para quem paga em dia.
    Cortam o benefícios para os podres!
    E ainda da prejuízo!!
    Estou achando que Requião não era louco!
    Abs