PT define no domingo se lança candidatura própria ou apoia Fruet

Fruet espera apoio do PT.

No próximo domingo, dia 15, os petistas de Curitiba irão à s urnas para escolher os 300 delegados ao encontro municipal do final do mês, que decidirão se o partido fará aliança em torno do nome de Gustavo Fruet (PDT) já no primeiro turno das eleições à  prefeitura de Curitiba ou se caminhará com candidatura própria. Neste último caso, a legenda teria três pré-candidatos: os deputados federais à‚ngelo Vanhoni e Dr. Rosinha e o deputado estadual Tadeu Veneri.

O bate-chapa promete ser bastante acirrado, uma vez que dos mais de seis mil filiados ao PT em Curitiba, pouco mais de 2.600 estarão aptos a votar nas chapas de delegados. No final do mês passado, duas chapas se inscreveram para a disputa: a Chapa 1 Uma Aliança Para Mudar Curitiba Com Você!, com 1.283 integrantes, e a Chapa 2 Candidatura Própria Já!, com 682 adesões.

Além dos três pré-candidatos e dos vereadores Jonny Stica, Pedro Paulo Costa e Professora Josete, votarão em Curitiba também os ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Comunicações). Haverá dez locais de votação para atender os petistas residentes nas nove regionais do partido na cidade. A regional Boa Vista, que inclui os militantes do Bairro Alto, possui duas urnas.

O PT tem uma grande responsabilidade na condução desse processo de organização interna, até pela projeção da legenda no cenário político nacional. Por isso é que nossas instâncias são valorizadas, participam ativamente do processo de construção da campanha, nosso debate é profundo e atrai a atenção dos setores da sociedade que são formadores de opinião!, diz a presidenta do PT de Curitiba, Roseli Isidoro.

Comentários encerrados.