Lançamento da pré-candidatura de Gilmar Piolla é mantido em Foz do Iguaçu

Deputado Reni Pereira tenta retirar a candidatura do jornalista Gilmar Piolla.

Apoiadores do pré-candidato a prefeito do PT em Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla, torceram o nariz para o grupo no partido liderado pelo ex-tucano André Alliana e mantiveram o lançamento da candidatura própria na semana que vem. A data do evento deverá ser definida ainda hoje.

Instigado pelo deputado londrinense André Vargas, Alliana quer o PT na vice do deputado Reni Pereira, do PSB, na disputa pela prefeitura. Em troca, segundo os petistas iguaçuenses, Enio Verri (Maringá) e Márcia Lopes (Londrina) receberiam o apoio do PSB.

O problema é que essa crise já bateu à s portas do Palácio Iguaçu, que não está muito animado com a candidatura de Reni.

A guerra no PT de Foz também ecoou na Assembleia Legislativa. O presidente da Casa e do PSDB no Paraná, Valdir Rossoni, mandou avisar Reni que “se o PT estiver na vice o PSDB pula fora, vai de Nanci Rafagnin [do PDT, partido do prefeito Paulo Mac Donald]”.

A tropa do deputado Tadeu Veneri, que defende o princípio de candidatura própria no PT até de baixo d’água, aproveita o imbróglio para espezinhar André Vargas:

“O André Vargas agora também está virando tchutchuquinha no interior”.

Na semana passada, petistas criticaram Vargas por defender candidatura própria no interior e aliança do PT em Curitiba. Na oportunidade, disseram que o parlamentar era “tigrão no interior, mas tchutchuquinha na capital”.

Comentários encerrados.