Richa e Ducci evitam comentar caso Derosso

Ducci e Richa anunciaram hoje parcerias.
O governador Beto Richa (PSDB) e o prefeito Luciano Ducci (PSB) estiveram juntos nesta quinta-feira (8) em evento para a instalação da UPS nas Vilas Audi e União, no bairro Uberaba. Os dois anunciaram parcerias para a região, mas evitaram comentar o caso Derosso.

Ontem, a oposição na Câmara conseguiu reunir 27 assinaturas para a abertura de Comissão Processante visando destituir o presidente licenciado do cargo. Eram necessárias 20.

Segundo a assessoria da prefeitura, Ducci nega que tenha orientado a “defenestração” de Derosso. “O prefeito não vai se envolver nisso, que é um problema do legislativo municipal”.

A avaliação do Palácio 29 de Março, sede do executivo, é que os vereadores travam uma luta entre si pelas bases eleitorais e pela sobrevivência política por causa da crise que vive a Câmara.

Hoje pela manhã, na Vila Audi e União, ao apresentar o efetivo de 60 policiais militares que estarão de forma permanente na região, Richa adiantou que o governo do Estado vai construir três novas escolas estaduais, investimento de R$ 20 milhões, nos bairros Uberaba, Tatuquara e Ganchinho. No Uberaba serão construídos dois módulos policiais.

Segundo o governador, Curitiba vai receber ainda nove UPS’s, 75 módulos policiais móveis, sete novas delegacias da Polícia Civil e um batalhão da Polícia Militar na CIC. Além disso, promete Richa, através de convênio com o DER, o governo do Estado vai investir R$ 45 milhões na pavimentação de 104 km de ruas e avenidas, itinerários do transporte coletivo.

Comments are closed.