Guerra contra privatizações de Richa toma conta da internet

Estudantes tomaram a Assembleia ontem. Foto: Ivonaldo Alexandre/ GP.

Os grupos contrários e a favor das Organizações Sociais (OSs) nos serviços públicos do Paraná, cujo projeto foi aprovado ontem pela Assembleia, travam duelo nas redes sociais. Blogs, Twitter e Facebook estão sendo utilizados nesta guerra ideológica.

Ontem, a Juventude do PSDB lançou uma nota de repudio contra a ocupação da Assembleia. Hoje foi a vez da União da Juventude Socialista (UJS), braço político do PCdoB no movimento estudantil, se manifestar sobre o assunto. Veja a nota:

1 – A democracia agrega o contraditório, porém essa realidade não se viu ontem na Assembleia e só ocupamos porque o senhor presidente daquela Casa não deu espaço para as manifestações.

2) Um projeto que modificará radicalmente a estrutura dos serviços públicos no Paraná não previu Audiência Pública. Isto é antidemocrático por parte do governo Beto Richa (PSDB).

3) Mais do que ninguém, nós da UJS, queremos proteger o bem público portanto não houve quebra-quebra. O que vimos foi um bando de gorilas batendo em estudante e trabalhadores e por último o senhor presidente transferiu a sessão para o Plenarinho, a portas fechadas, isolados por segurança, e depois voltou ao plenário na calada da noite para votar o projeto.

Portanto, tendo em vista todos os acontecimentos, fica aqui o nosso repúdio aos 40 deputados que votaram contra o povo do Paraná.

Adriano Soares de Matos (Mú)
Presidente Estadual da UJS

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. E O TÊNIS DA NIKE DO ANARCO-SOCIALISTA….KKKK

  2. Os caras estavam pendurados até no lustre da assembléia e não tiveram espaço para protestar? Algo está muito errado.

    E outra, deveriam ter colocado mais “gorilas” pra retirar esses barulhentos que nem sabe diferenciar OS, SSA, OSCIP, ONG.