Skinheads atacam militante do PCdoB em Curitiba

Um militante do PCdoB foi atacado na madrugada deste domingo (27) por um grupo de neonazistas na Rua XV de Novembro, centro de Curitiba, armados com facas e canivetes. Segundo Toninho, que pediu para ser identificado apenas pelo primeiro nome, os skinheads tentaram matá-lo porque ele estava usando uma camiseta do partido.

Eu havia saído da conferência estadual do PCdoB que ocorreu no Hotel Paraná Suíte. Primeiro eles começaram a me agredir verbalmente dizendo que “aqui é nacional-socialismo” e que Marx já era. Achei que era apenas um grupo de bêbados, mas eles começaram a correr atrás de mim armados com facas e canivetes!, disse.

Toninho afirmou que ainda hoje vai registrar Boletim de Ocorrência numa delegacia e que seu advogado requisitará as imagens da Rua XV de Novembro. Ele também adiantou que pedirá providências à  Secretaria de Estado da Segurança Pública.

A tentativa de homicídio contra o militante do PCdoB aconteceu por volta das 4 horas.

A Rua XV de Novembro é um antro de skinheads e neonazistas. Há algum tempo outro militante do partido e membro do movimento Hip-Hop conhecido como Will Capa Preta também foi espancado no local!, denuncia indignado Toninho.

A seguir, leia o relato da vítima publicado no Facebook:

“Um ALERTA: nesta madrugada, sofri uma tentativa de homicídio, em pleno calçadão da rua XV no centro de Curitiba. Fui atacado por um grupo de skinheads, neonazistas, que armados de facas e canivetes tentaram me matar por eu estar trajando camiseta do glorioso PCdoB. Consegui furar o cerco e correndo muito rápido consegui me safar de 7 ou 8 doentes mentais, perigosos à  sociedade.

Você que é comunista, socialista, negro, cigano, judeu, homossexual ou deficiente, CUIDADO! Há nazistas soltos por aí, e conseguem ser mais violentos que a própria polícia.”

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Lassen Sie mich nur eine Warnung, nehmen diese verdammte Kerl dai verboten.

  2. Essa noticia é tão verdadeira como uma nota de R$15,00. E outra, vc acha que 8 malucos iriam deixar um chapado do “glorioso” PCdoB escapar?
    Ah, vá!

  3. ABSURDO.

    O processo de intolerância aumenta quando das crises do capital.

    Curitiba não pode se tornar uma cidade que se-pa-ra as pessoas de acordo com a cor de pele ou opção sexual ou política.

    O combate ao preconceito deve ser rápido e profundo.

  4. Esse tipo de gente só entende uma linguagem: a da violência. Está na hora dos movimentos de juventude, especialmente o negro, juntar a turma e sair pegando um a um desses skinheads de meia tigela!!!!!!

  5. Reunião no hotel as 4 da madruga?

  6. Isso é uma vergonha !!! Temos que acabar com esses SKINHEADS – tomara que surja em Curitiba um CCSN – Comando de Caça aos Skin Heads Neonazistas e leve eles todos para um passeio na Cadeira do Dragao!!