Skinheads atacam militante do PCdoB em Curitiba

Um militante do PCdoB foi atacado na madrugada deste domingo (27) por um grupo de neonazistas na Rua XV de Novembro, centro de Curitiba, armados com facas e canivetes. Segundo Toninho, que pediu para ser identificado apenas pelo primeiro nome, os skinheads tentaram matá-lo porque ele estava usando uma camiseta do partido.

Eu havia saído da conferência estadual do PCdoB que ocorreu no Hotel Paraná Suíte. Primeiro eles começaram a me agredir verbalmente dizendo que “aqui é nacional-socialismo” e que Marx já era. Achei que era apenas um grupo de bêbados, mas eles começaram a correr atrás de mim armados com facas e canivetes!, disse.

Toninho afirmou que ainda hoje vai registrar Boletim de Ocorrência numa delegacia e que seu advogado requisitará as imagens da Rua XV de Novembro. Ele também adiantou que pedirá providências à  Secretaria de Estado da Segurança Pública.

A tentativa de homicídio contra o militante do PCdoB aconteceu por volta das 4 horas.

A Rua XV de Novembro é um antro de skinheads e neonazistas. Há algum tempo outro militante do partido e membro do movimento Hip-Hop conhecido como Will Capa Preta também foi espancado no local!, denuncia indignado Toninho.

A seguir, leia o relato da vítima publicado no Facebook:

“Um ALERTA: nesta madrugada, sofri uma tentativa de homicídio, em pleno calçadão da rua XV no centro de Curitiba. Fui atacado por um grupo de skinheads, neonazistas, que armados de facas e canivetes tentaram me matar por eu estar trajando camiseta do glorioso PCdoB. Consegui furar o cerco e correndo muito rápido consegui me safar de 7 ou 8 doentes mentais, perigosos à  sociedade.

Você que é comunista, socialista, negro, cigano, judeu, homossexual ou deficiente, CUIDADO! Há nazistas soltos por aí, e conseguem ser mais violentos que a própria polícia.”

Comentários encerrados.