Rasca cede à  direção estadual do PV e sai do páreo de 2012

por Elizabete Castro, via O Estado do Paraná

Deputado Rasca Rodrigues (PV).

O deputado estadual Rasca Rodrigues (PV) decidiu retirar sua pré-candidatura a prefeito de Curitiba nas eleições do próximo ano. Rasca cedeu aos argumentos da direção estadual do PV, que pediu que abdicasse da disputa devido á sentença da Justiça Federal que o condenou à  perda do mandato e dos direitos políticos.

Rasca é acusado de irregularidades na autorização da licença para a construção da Usina de Mauá, no rio Tibagi, na divisa de Telêmaco Borba e Ortigueira. A direção do PV considerou que a condenação envolvendo uma questão ambiental fragiliza a pré-candidatura e também o partido, que tem uma plataforma ecológica.

Rasca avaliou que o recurso que interpôs contra a condenação não deve ser julgado antes de cinco anos. Ainda que a sentença seja descabida, é uma sentença e enfraquece a interlocução com os partidos. Politicamente não poderia manter!, afirmou o deputado do PV.

O PV defende publicamente o lançamento de candidatura própria. Permanecem como pré-candidatos a ex-deputada federal Dra. Clair e o deputado estadual Roberto Accioly. No primeiro semestre, o PV se esforçou para convencer o ex-deputado federal Gustavo Fruet a se filiar ao partido, após a saída do PSDB.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. o homem queria ser candidato verde, mas não se comporta como tal.

  2. Parece que a mesma mídia golpista que ataca o ministro como você defende, se esquece que o Partido Verde tem a pré candidatura JOVEM e verde de Raphael Rolim