Posse de novo ministro vira ato de desagravo a Orlando Silva

Presidenta Dilma cumprimenta Aldo. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Na cerimônia de posse de Aldo Rebelo no Ministério do Esporte, no Palácio do Planalto, nesta tarde, Orlando Silva foi aplaudido de pé pelos presentes. O evento transformou-se num ato de desagravo ao ex-ministro.

“Eu fico feliz olhar para minha mãe, para minha esposa, minha filha e à  senhora, presidente, e dizer: eu sou inocente”, falou Orlando.

Visivelmente emocionado, o ex-ministro assegurou que fica feliz de poder olhar e dizer: “Eu sou inocente. Os dias vão passar, evidências vão surgir e a verdade vai prevalecer”.

A presidenta Dilma Rousseff disse que “as mudanças podem ocorrer e as pessoas podem nos deixar, mas as políticas e as linhas de ação terão de ser preservadas”.

Segundo ela, “Orlando Silva fez um excepcional trabalho na liderança do Ministério do Esporte, do qual sou testemunha, como ministra do mesmo governo que ele e agora como presidenta da Republica”, elogiou.

“Orlando Silva não perde o meu respeito. Perco um colaborador. Mas preservo o apoio de um partido cuja presença em meu governo considero fundamental”, registrou Dilma.

A presidenta também destacou a presença do PCdoB no governo ao afirmar que o partido “tem sido nos últimos nove anos um parceiro leal e relevante do nosso projeto de governo”.

Ao ser empossado como titular do Ministério, Aldo disse que Orlando é inocente e vítima da luta social e política.

“Talvez mais que inocente, talvez o senhor seja vítima das consequências da luta social e política”, discursou.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Se é inocente, então não devia pedir demissão…