Porto de Paranaguá: TRF4 anula a “Operação Dallas” da PF

Eduardo Requião.

A Justiça Federal da 4!ª Região (TRF4) concedeu um Habeas Corpus impetrado pelo advogado Juliano Breda a favor de Anderson e Fabrício Fumagalli, por 2 a 1, que anulou todas as interceptações telefônicas e telemáticas da “Operação Dallas”, desencadeada em janeiro deste ano pela Receita Federal, Polícia Federal e Ministério Público Federal.

A “Operação Dallas! tinha como objetivo desmantelar suposta quadrilha responsável pelo desvio de cargas a granel destinadas à  exportação e apurar fatos relacionados a fraudes em licitações e favorecimento de empresas responsáveis pela retirada de resíduos do Porto de Paranaguá.

A decisão judicial também beneficia o ex-superintendente do Porto de Paranaguá, Eduardo Requião e os demais investigados pela operação da PF.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. acusar pelo ruido da midia da com os burros na agua…

  2. Sempre achei que tinha politicagem nessa ação.

    Já passou da hora de a Dilma pôr um ponto final nesse negócio de a PF ser usada por facções para criar factóides…