Governo do PSDB corta dinheiro da saúde, mas gasta R$ 144 milhões em propaganda

Verri critica cortes na saúde.Em apenas oito meses, os gastos em propaganda do governo Beto Richa (PSDB) foram de R$ 144 milhões. A título de comparação, durante todo o ano de 2010, sob as gestões de Roberto Requião e Orlando Pessuti, ambos do PMDB, a publicidade consumiu R$ 28 milhões.

Por outro lado, os gastos com medicamentos, por exemplo, foram 28% menores em 2011 em comparação com o ano passado.

Esses dados foram compilados pelo deputado estadual Enio Verri (PT), líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, que os apresentou ontem à  tarde durante prestação de contas do secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly (PSDB).

à‰ um paradoxo. Ao mesmo tempo em que o governo Richa reduz investimentos na saúde e na infraestrutura, aumenta os gastos com propaganda!, criticou o petista.

A deputada Luciana Rafagnin (PT) também estranhou o corte na saúde. Por que foi escolhido justamente esse item para se fazer economia, quando ela se reflete em falta de remédios e de materiais nos postos de saúde e no atendimento à  população?!, questionou, sem, no entanto, obter uma resposta de Hauly.

Comentários encerrados.