Você está aqui: Home // Notícias // Beto Richa vai privatizar novas rodovias e ampliar cobrança de pedágio no Paraná

Beto Richa vai privatizar novas rodovias e ampliar cobrança de pedágio no Paraná

13 nov 2011 - 09:37 20 Comentários

O governador Beto Richa (PSDB) vai conceder os trechos da PR-323 e da BR-272, entre Maringá e Guaíra, para empresas pedageiras explorarem no ano que vem.

Nenhum trecho fora privatizado quando o governo estava sob a batuta de Roberto Requião (PMDB). Há nove anos os paranaenses e usuários de rodovias não ouviam falar em privatização.

Nos tempos de Beto Richa, agora o verbo privatizar virou palavra de ordem, quase uma obsessão em busca da verba.

O último trecho que havia sido entregue à iniciativa privada em 2002, entre Lapa e Araucária, ocorreu nos suspiros finais do governo Jaime Lerner.

O deputado Antônio Anibelli Neto, o Anibelinho, o único da bancada estadual peemedebista que rejeitou sentar no colo do governador tucano, já avisou que é contra a instalação de novas praças de “roubágios”.

Ainda não se sabe a posição dos demais parlamentares do velho MDB de guerra sobre o tema.

As novas praças de pedágio estão sendo negociadas pelo secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, o Pepe, irmão do governador.

O coração do secretário de Infraestrutura e Logística ficou amolecido para as “pedagiadoras” depois que ele participou, no mês passado, em Foz do Iguaçu, do Sétimo Congresso Brasileiro de Rodovias e Concessões, promovido pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). Lá se discutiu, inclusive, a cobrança de pedágios por quilômetro rodado e nos municípios da região metropolitana de Curitiba.

Pepe, sem papas na língua, diz que a transferência das rodovias para a exploração da iniciativa privada “é uma política da atual gestão”, registra a repórter Katia Brembatti, na edição deste domingo do jornal Gazeta do Povo.

Pepe revela ainda que está negociando com o governo federal o repasse da BR-272, entre Iporã e Guaíra, para a administração do Paraná. Só assim seria possível incluí-la no processo estadual de concessão. Ou seja, pretende que a União terceirize a privatização.

O irmão do governador promete obras para aplacar a ira de motoristas e usuários das rodovias paranaenses. Segundo ele, haverá duplicação do trecho entre Maringá e Paiçandu ao custo de R$ 35 milhões.

Também jura que investirá R$ 10 milhões para construção de acostamentos entre Umuarama e Iporã.

As empreiteiras que farão as obras serão escolhidas ainda este ano, informa o secretário Pepe, mas não há previsão de quando elas [as obras] começarão a ser executadas.

Entidades ligadas ao mundo empresarial condenam a criação de novas praças de pedágio no Paraná sem uma discussão prévia “com quem de fato é impactado”.

Dentre as organizações que prometem ir à luta contra mais pedágio estão a Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio), Federação de Transportadoras do Paraná (Fetranspar), Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

20 Comentários para " Beto Richa vai privatizar novas rodovias e ampliar cobrança de pedágio no Paraná "

  1. Paulo disse:

    PSDB autêntico é esse, demorou pra mostrar a verdadeira face. Pessoal do Noroeste, eu sei que essa estrada precisa pra ontem ser duplicada, mas fiquem vigilantes, porque virá bomba por aí, PSDB sempre fez péssimos contratos de concessão no PR, nunca da pra confiar nessa gente. Reajam, não caim nesse papo do Beto Richa. Exemplo disso é o preço absurdo cobrado no Anel de Integração e só depois de 14 anos de concessão que resolveram fazer apenas 14 KM de rodovia duplicada e o pessoal do Oeste ainda terá uma tarifa muito mais cara depois que terminar essa duplicação la.

  2. Paulo disse:

    Pessoal do Noroeste, não caiam nessa conversa fiada dos tucanos, reajam, porque péssimo exemplo de contrato de concessão voces ja tem prova, como é o caso do Anel de Integração, preços das tarifas abusivos e as concessionárias pouco cumprem o que está no contrato.

  3. PÉ VERMELHO disse:

    Lendo esse “néo-logismo” “ROUBÁGIO”, lembrei do deputado Waldy Pugliesi. O homem era uma onça. Xingou o Lerner de bicho-preguiça, criticou as instalações das praças de pedágios, chamando de “praça de roubágio”. Achei aquilo o máximo.
    A praça de pedágio entre Arapongas e Rolândia foi posta na Gestão do Bisca na cidade dos passáros.
    O local era pra ser enter Cambé e Rolândia. Mas Rolândia numa união que até então nuca se tinha visto, conseguiram barrar a construção, que veio a ser construido na divisa com Arapongas.

    E agora? Será que o eterno deputado Waldy Pugliesi se oporá a construção de uma praça de pedágio no Paraná? Será que ainda temos um pouco daquele Waldyr que existiu entre 94 a 2002??

  4. marcelo santana disse:

    votaram nele, agora não chorem, beto lerner em ação.

  5. Paulo disse:

    Esse negócio de concessão, privatização, era só uma questão de tempo, está voltando a era Lerner pelo que parece. Isso vai dar muito pano pra manga ainda, bem feito, ninguém manda votar no Beto Lerner.

  6. Rafael disse:

    Engraçado…..as privatizações do governo Lula não são comentadas aqui né?!? Que estranho…

  7. povo do PARANÁ: é muita passividade…………………

  8. PARANÁ disse:

    Ai, Rafael, não é engraçado não, é triste.

    E o Gov. Lula, felizmente, e vc. parece não saber, não privatizou nada. Acho que vc. pensou em FHC, que deu a Vale e queria dar para os estrangeiros a Petrobrás, denominada pelos gênis de Petrobrax. Já pensou que negocião?Para eles naturalmente.
    Qto. as Federações, eles não achavam o cara o máximo? Apoiem de novo.

  9. tedesco disse:

    sem problemas betão, manda ver pedágios adoramos isso, e na releição pode contar com a gente também adoramos votar em você. povo idiota

  10. TRABAIADÔ disse:

    MÁGUA DO REyQUIÃO
    A maior mágua do ReYquião é o primeiro governo dele ter terminado sem que conseguisse negociar e instalar os pedágios. Diga-se de passagem, os primeiros estudos sobre o pedagiamento deu-se por iniciativa da equipe requianista. Porém demoraram muito e aí os mesmos estudos foram utilizados pelo Lerner.
    Mas depois que o “molusco” ocupou os principais trechos rodoviários nacional com praças cancelas, poucas opções restam. E evidente que o Beto Richa vai ocupar o que sobrou rs rs rs rs
    Chora reYquião!

  11. Pé maisvermeio disse:

    BETOPRIVADO….A mistura que faz esse governo do publico e o privado mostra o quanto votei errado…vou pagar o preço.

  12. João disse:

    Esse é o PSDB velho de guerra, voltando as origens. Se pudessem privatizariam até a alma do paranaense.
    Vocês acham que alguém que anda de helicóptero vai se preocupar com rodovias?

  13. Paulo disse:

    Rafael, puxa saco do Beto Lerner e do FHC, compare os preços dos pedagios da BR – 376, BR – 101 e do anel de integração. Será que os deputados da base de vcs não levaram nada em troca em 1998 quando foi feita essa concessão pelo Jaime Lerner?

  14. Robert - Mgá. disse:

    João disse:
    novembro 14, 2011 às 19:15.

    João, alma paranaense??? Não existe. O que existe é a mesma estupidez quem vem de um estado muito rico, nosso vizinho ao norte, de cuja costela originou a 5ª comarca.

  15. Marco Antonio disse:

    Engraçado. O cara ali em cima fala que o PSDB sempre faz péssimos contratos de privatização. Pois bem: o PT no governo Lula privatizou a BR-101 em SC. Sou paranaense que mora em SC e posso afirmar com toda a certeza. Péssimo, horrível contrato. Ahhhhhh, mas é bem mais barato que os pedágios do PR. É verdade. E por isso mesmo é uma porcaria. A concessionária não faz quase nada. Quer dizer, faz sim, a poda da grama ao lado da pista. Isso sim é contrato bom pra vocês? Parem com essa conversinha torta. Parem de ficar torcendo para o touro. O tipo de governo que vocês defendem não existe. Se fosse para ser coerente que tal cobrar do PT o calote no pagamento dos juros da dívida? Só o ano passado foram 150 bilhões de pagamento. E somente de juros! Com esse dinheiro daria para aniquilar a miséria no Brasil. O PT defendeu o calote por mais de 20 anos, desde a sua fundação. Quando o cara chega lá, faz beicinho e esquece tudo que escreveu e falou?

  16. Robert - MGÁ. disse:

    Marco Antonio, aqui no Paraná o pedágio são apenas pontos para “arrochar” com preços absurdos o motorista/usuário das rodoviaias construídas com nossos impostos. Com raras exceções, elas só fazem “maquiagem” nas estradas, e olhe que não falta muito tempo para expirar o prazo do contrato de concessão.
    O pedágio no Paraná não passa de uma grande negociata.

  17. Ridinei Zafra disse:

    Todos os deputados politicos que venderao o Brasil de norte ao sul em todos os estados, que falirao e venderao os bancos estaduais a vale do rio doce a ciderurgica nacional as empresas estatais a preco de banana, essea politicos estao todos ai reeleitos pelo voto do povo nas urnas nao adiata chorar nem reclamar esses traidores da patria sempre vencem as eleicoes nao e mesmo Beto Richa Jaime Lerner Fernando Enrrique etc.

  18. Pau Neles disse:

    Se isso for realmente verdade, eles vão duplicar toda a rodovia?

    Porque rodovia com pedágio tem que no minimo ser duplicada….

Deixe um comentário

Copyright © 2009 Blog do Esmael. Todos os direitos reservados.
2