URGENTE: Osmar Serraglio volta à Câmara após TSE cassar deputado Boca Aberta nesta terça

Osmar Serraglio volta à Câmara após TSE cassar deputado Boca Aberta

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta terça-feira (24/08), cassou o mandato do deputado federal Boca Aberta (PROS-PR) e convocou o suplente Osmar Serraglio (PP-PR), que cumprirá seu sexto mandato na Câmara.

Serraglio havia trocado o então PMDB pelo PP nas eleições de 2018, quando obteve 64.572, insuficientes para lhe garantir uma cadeira no legislativo.

Emerson Miguel PETRIV, o “Boca Aberta”, foi eleito em 2018, porém, argumentou a defesa de Serraglio, Boca Aberta estava inelegível porque ele havia sido cassado pela Câmara de Vereadores de Londrina (PR).

Deputado Boca Aberta teve o mandato cassado pelo TSE
Deputado Boca Aberta teve o mandato cassado pelo TSE

O TSE acatou a sustentação do advogado Leandro Rosa ao cassar o diploma de Boca Aberta e empossar na própria sessão Osmar Serraglio.

Lavajatista, Serraglio foi nomeado ministro da Justiça no governo de Michel Temer (MDB) em fevereiro de 2017, mas exonerado quatro meses depois depois que foi flagrado em áudio pela Operação Carne Fraca da Polícia Federal supostamente intermediando junto ao chefe da fiscalização de frigoríficos no Paraná.

O “novo” deputado já foi presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara e destacou-se como relator da CPMI dos Correios, em 2005, para investigar denúncias de corrupção nos Correios –que originou a ação penal do Mensalão, no Supremo Tribunal Federal. Serraglio foi um dos percursores da caçada política e ideológica ao PT e ao ex-presidente Lula.

O PP, partido de Ricardo Barros e Arthur Lira, integrante do Centrão, passará a ter 39 deputados na Câmara.

Em breve mais informações.

Leia também

Treta: deputado bolsonarista Boca Aberta “fecha a boca” e pede desculpas a médicos brasileiros [vídeo]