Eduardo Bolsonaro pode ser destituído outra vez da liderança do PSL

A crise política no PSL não tem fim. A Câmara nem bem confirmou 28 assinaturas que sustentam Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) na liderança do partido e já tem outra lista sendo construída para derrubá-lo. O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar (PE), articula para que o Delegado Waldir (GO) volte à liderança ainda nesta segunda-feira (21). … Read more

Bolsonaro demite Joice Hasselmann

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) foi demitida pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), nesta quinta-feira (17), do cargo de líder do governo no Congresso Nacional. No lugar da moça, o presidente da República indicou o senador Eduardo Gomes (MDB-TO). LEIA TAMBÉM STF julga ações sobre prisão na 2ª instância; acompanhe ao vivo Racha no PSL vira … Read more

Racha no PSL vira briga de rua e interfere no julgamento da 2ª instância

Pegou fogo no cabaré! O racha no PSL virou briga de rua, depois que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) se envolveu pessoalmente no desforço partidário. Bolsonaro atirou primeiro ao dizer que o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar (PE), estava queimado e pediu para que um fã abandonasse a ideia de se filiar no partido. … Read more

UDN racha com possível filiação de Jair Bolsonaro

A possível filiação do presidente Jair Bolsonaro na UDN (União Democrática Nacional) causou um racha na agremiação antes mesmo de ela existir. A bronca caiu nas mãos do ministro do TSE, Edson Fachin, que mandou o abacaxi para a Procuradoria-Geral Eleitoral “para emissão de parecer e adoção das providências que entender adequadas”. Marcus Alves de … Read more

Aldo Rebelo anuncia afastamento do PSB

A candidatura do ex-ministro do STF Joaquim Barbosa rachou o PSB. A primeira grande baixa foi o ex-ministro Aldo Rebelo, egresso do PCdoB, que se filiou à legenda socialista em setembro de 2017. “Impossibilitado de acompanhar a manifesta inclinação da direção partidária pela candidatura do ilustre ministro Joaquim Barbosa, comunico meu afastamento do PSB. Continuarei … Read more

PSOL racha com candidatura de Boulos à Presidência da República

Nem tudo são flores no PSOL, que hoje oficializou a filiação e pré-candidatura de Guilherme Boulos à Presidência da República. A ala liderada por Plínio de Arruda Sampaio Junior, o Plininho, afirma que a nova aquisição transformará o partido em um puxadinho de Lula e do PT. Para Plininho, Guilherme Boulos é um ‘sub-Lula’ que … Read more

CUT pode rachar na eleição dos bancários

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), seção Paraná, pode rachar na eleição do Sindicato dos Bancários de Londrina e Região. Uma resolução da central impede que, havendo duas chapas cutista, ela apoie a oposição. Foi graças a esse dispositivo pró-situação, por exemplo, que a CUT negou apoio ao Professor Paixão na eleição da APP-Sindicato, em … Read more

Justiça suspende convenção do PSB que indicaria o vice de Rafael Greca

greca_ducci_stephanesA juíza Carolina Fontes Vieira, da 10ª Vara Cível de Curitiba, concedeu liminar ao deputado Stephanes Junior suspendendo a convenção municipal do PSB (Partido Socialista Brasileiro), que seria realizado neste sábado (23), e indicaria o vice na chapa de Rafael Greca (PMN) na disputa pela Prefeitura de Curitiba.

Read more

Advogados exigem “plebiscito” na OAB sobre golpe contra Dilma Rousseff

Advogados de todo país preparam uma petição contra o comando da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que aderiu ao golpe contra o Estado Democrático de Direito e o mandato da presidente Dilma Rousseff; documento exige consulta individual para que cada advogado se manifeste sobre a representação do Conselho Federal acerca do pedido de impedimento, que será protocolado na segunda-feira (28); operadores do direito articulam racha na Ordem e, semana passada, lançaram a “Carta de Curitiba” contra o apoio da entidade à interrupção democrática; Em 1964, o Conselho trabalhou pela derrubada do presidente Jango Goulart; após aquele episódio, o país mergulhou 21 anos numa sanguinária ditadura militar.
Advogados de todo país preparam uma petição contra o comando da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que aderiu ao golpe contra o Estado Democrático de Direito e o mandato da presidente Dilma Rousseff; documento exige consulta individual para que cada advogado se manifeste sobre a representação do Conselho Federal acerca do pedido de impedimento, que será protocolado na segunda-feira (28); operadores do direito articulam racha na Ordem e, semana passada, lançaram a “Carta de Curitiba” contra o apoio da entidade à interrupção democrática; Em 1964, o Conselho trabalhou pela derrubada do presidente Jango Goulart; após aquele episódio, o país mergulhou 21 anos numa sanguinária ditadura militar.

Read more

OAB defende golpe; Igreja luta pelo estado democrático de direito

Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) defendeu a ditadura militar em 1964, conspirou para derrubar o governo constitucional de Jango Goulart, agora, novamente, trabalha pela queda do governo democraticamente eleito de Dilma Rousseff; Karl Marx dizia que "a história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa"; por que a OAB não fez um plebiscito para saber a opinião dos advogados, aqueles que pagam religiosamente a anuidade?; base da entidade é garantista, legalista, não golpista; enquanto a Ordem defende o retrocesso, a Igreja Católica, representada pelo bispo de Crateús, Dom Ailton Menegussi, advoga pelo estado democrático de direito para a sorte das almas; Brasil não pode sustentar uma organização golpista, que atenta contra a Constituição Federal.
Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) defendeu a ditadura militar em 1964, conspirou para derrubar o governo constitucional de Jango Goulart, agora, novamente, trabalha pela queda do governo democraticamente eleito de Dilma Rousseff; Karl Marx dizia que “a história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa”; por que a OAB não fez um plebiscito para saber a opinião dos advogados, aqueles que pagam religiosamente a anuidade?; base da entidade é garantista, legalista, não golpista; enquanto a Ordem defende o retrocesso, a Igreja Católica, representada pelo bispo de Crateús, Dom Ailton Menegussi, advoga pelo estado democrático de direito para a sorte das almas; Brasil não pode sustentar uma organização golpista, que atenta contra a Constituição Federal.

Read more

OAB sofre racha após apoio ao golpe; advogados cogitam nova entidade

Jurista Daniel Godoy, de Curitiba, encabeça Ato Nacional em Defesa da Democracia; movimento na terça-feira (22) racha a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em virtude do apoio da entidade ao golpe em curso contra o mandato constitucional da presidente Dilma; abaixo, leia a íntegra do comunicado da dissidência.
Jurista Daniel Godoy, de Curitiba, encabeça Ato Nacional em Defesa da Democracia; movimento na terça-feira (22) racha a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em virtude do apoio da entidade ao golpe em curso contra o mandato constitucional da presidente Dilma; abaixo, leia a íntegra do comunicado da dissidência.
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) poderá não resistir às fissuras criadas devido o apoio ao golpe contra a democracia. Na sexta-feira (18), o Conselho decidiu defender o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) cujo trâmite cabe ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, réu na Lava Jato.

Na semana passada, advogados já haviam dado “impeachment” na seccional da OAB do Paraná. “A Ordem errou ao apoiar um movimento que tem o deputado Eduardo Cunha como articulador na Câmara”, criticou o advogado André Passos.

A posição golpista do Conselho Federal e da maioria das seccionais gerou protestos de advogados em todo o país, que veem similaridade com 1964 — quando a Ordem também apoiou a ditadura militar até a edição do AI-5, em 13 de dezembro de 1968.

Na próxima terça-feira (22), em Curitiba, juristas realizarão um Ato em Defesa da Democracia. O evento, aberto ao público, será às 19 horas no salão nobre da Faculdade de Direito da UFPR. Possivelmente se avance na discussão sobre “Uma Nova Ordem”, ou seja, criação de uma nova autarquia que represente todos os advogados brasileiros.

O advogado e professor Tarso Violin Cabral, de Curitiba, por exemplo, afirma que a indignação da OAB é seletiva porque a entidade não pediu o impeachment do governador Beto Richa (PSDB).

“O governador tucano cometeu irregularidades muito mais gravosas no âmbito financeiro e orçamentário e nunca a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional Paraná pediu o Impeachment do governador, apenas com questionamentos mais dóceis”, comparou.

A seguir, leia sobre o Ato em Defesa da Democracia:

Read more

Racha tucano divide direita em 2018

do Brasil 247

Maiores lideranças tucanas se assanham para a disputa eleitoral de 2018, por verem no próximo pleito a chance real de retornar ao Planalto; mas quem será o candidato do PSDB?; com tantos postulantes (Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin), o partido poderá perder os seus dois principais líderes paulistas para outras legendas; o governador de SP acena para o PSB enquanto Serra trabalha para ser o nome do PMDB; até o senador Álvaro Dias já anunciou que deixará o PSDB com destino ao PV para ser candidato a presidente em 2018; enquanto isso, o DEM, aliado histórico dos tucanos, ensaia uma candidatura do senador Ronaldo Caiado; que consequências essa fragmentação terá para o projeto da direita?; próximas pesquisas de diversos institutos deverão testar cenários; Aécio se manterá numericamente na dianteira se tiver como adversários seus companheiros de partido, além de Marina Silva e Lula?; com quantos jogadores a direita enfrentará o próximo jogo?
Maiores lideranças tucanas se assanham para a disputa eleitoral de 2018, por verem no próximo pleito a chance real de retornar ao Planalto; mas quem será o candidato do PSDB?; com tantos postulantes (Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin), o partido poderá perder os seus dois principais líderes paulistas para outras legendas; o governador de SP acena para o PSB enquanto Serra trabalha para ser o nome do PMDB; até o senador Álvaro Dias já anunciou que deixará o PSDB com destino ao PV para ser candidato a presidente em 2018; enquanto isso, o DEM, aliado histórico dos tucanos, ensaia uma candidatura do senador Ronaldo Caiado; que consequências essa fragmentação terá para o projeto da direita?; próximas pesquisas de diversos institutos deverão testar cenários; Aécio se manterá numericamente na dianteira se tiver como adversários seus companheiros de partido, além de Marina Silva e Lula?; com quantos jogadores a direita enfrentará o próximo jogo?

Read more

Reeleito no PSDB, Aécio pede ‘unidade e coragem’ ao partido

do Brasil 247
aecio_psdbO PSDB realizou neste domingo, 5, convenção nacional que reconduziu, com 99,35% dos votos o senador Aécio Neves à presidência do partido por mais dois anos. Esforçando-se para demonstrar unidade e adiar a disputa interna por 2018, ele chegou à convenção ao lado do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. Houve disputa de claques. Parte dos militantes gritava “Aécio” e “Minas”, enquanto outros tucanos gritavam “Geraldo presidente” e “São Paulo”, deixando clara a divisão existente no partido quanto ao seu futuro candidato.

Ao contrário do que ocorreu em 2013, quando assumiu pela primeira vez o comando do partido já em clima de pré-campanha presidencial, Aécio não é mais um nome de consenso para a disputa de 2018. Aécio é apresentado pela maioria dos diretórios como candidato natural à presidência em 2018. Mas, na eleição do diretório estadual do São Paulo, em meados de junho, o nome do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin foi lançado.

Read more

Contrariando Richa, PSC anuncia apoio a reajuste de 8,17% para servidores

O deputado Hussein Bakri, líder do PSC, a maior bancada na Assembleia, anunciou esta tarde apoio à reivindicação de 8,17% dos servidores públicos em greve. Mais cedo os servidores se reuniram com o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, mas não obtiveram proposta concreta e os professores anunciaram continuidade da greve. “Em nome da pacificação … Read more

Fundador amplia racha na Rede Sustentabilidade ao declarar apoio a Dilma; assista ao vídeo

Edson Luiz Teixeira, um dos fundadores da Rede Sustentabilidade no Paraná, em vídeo, conta sua decepção com Marina Silva e declara seu voto em Dilma. Para o paranaense, Marina aderiu ao neoliberalismo quando anunciou apoio a Aécio Neves. “Marina abraçou o primeiro que apareceu, Eduardo Campos. Metade deixou o partido”, lamenta o líder partidário, ao … Read more

Em nota, governo Fruet jura que não há mal-estar com vice-prefeita do PT

O secretário Municipal de Governo de Curitiba, Ricardo Mac Donald, em nota, nesta quarta (26), negou veementemente que haja desencontros entre o prefeito Gustavo Fruet (PDT) e sua vice Mirian Gonçalves (PT). No final da tarde de ontem (25), este blog registrou movimentação da equipe da petista em prol da candidatura própria do partido em … Read more

Fracassa “política do cafezinho”. APP-Sindicato agora cogita greve por tempo indeterminado, diz deputado

O deputado estadual Professor Lemos (PT), na Assembleia Legislativa do Paraná, fez hoje à  tarde um duro pronunciamento após a marcha dos professores até o Palácio Iguaçu. O parlamentar lamentou que as negociações com o governo Beto Richa (PSDB) não tenham avançado em nada. Segundo o deputado Lemos, a categoria já pensa em greve por … Read more

Racha no PT de Curitiba ameaça campanha de Gleisi Hoffmann

O PT de Curitiba está rachado. Por que rachou? Rachou por quê? Disputa por espaço pode comprometer a campanha de Gleisi Hoffman ao Palácio Iguaçu, analisam petistas preteridos na escolha do novo diretório presidido por Natalino Bastos; grupos internos ligados aos deputados à‚ngelo Vanhoni, Dr. Rosinha e à  ministra prometem pedir anulação aos diretórios estadual e nacional da eleição que escolheu ontem os membros da direção curitibana; defenestrados acusam golpe de grupos ligados ao vereador Pedro Paulo, ao deputado André Vargas e à  vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, que estaria de olho na vaga de candidata do partido à  prefeitura contra o prefeito Gustavo Fruet.
O PT de Curitiba está rachado. Por que rachou? Rachou por quê? Disputa por espaço pode comprometer a campanha de Gleisi Hoffman ao Palácio Iguaçu, analisam petistas preteridos na escolha do novo diretório presidido por Natalino Bastos; grupos internos ligados aos deputados à‚ngelo Vanhoni, Dr. Rosinha e à  ministra prometem pedir anulação aos diretórios estadual e nacional da eleição que escolheu ontem os membros da direção curitibana; defenestrados acusam golpe de grupos ligados ao vereador Pedro Paulo, ao deputado André Vargas e à  vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, que estaria de olho na vaga de candidata do partido à  prefeitura contra o prefeito Gustavo Fruet.
A confusão foi grande na primeira reunião do recém-eleito diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Curitiba. O encontro de ontem à  noite, que aconteceu na sede estadual da agremiação, tinha como objetivo escolher os membros da executiva municipal. Mas o desfecho foi bem diferente. Os petistas da capital racharam mais ainda, o que pode comprometer a campanha da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, na corrida pelo governo do Paraná.

Natalino Bastos, presidente eleito da sigla, homem de confiança do vereador Pedro Paulo e do deputado federal André Vargas, foi colocado à  prova e não conseguiu construir um acordo político capaz de acomodar os interesses dos agrupamentos que atuam no PT curitibano.

Parte dos membros do diretório das tendências internas Construindo Um Novo Brasil (CNB), ligada ao deputado federal à‚ngelo Vanhoni e a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e a Democracia Socialista (DS), do deputado federal Dr. Rosinha, abandonaram a reunião por entenderem que o método aprovado pelo plenário na escolha da executiva não seguia a tradição adotada historicamente pelo partido: o princípio da proporcionalidade direta.

Read more

Rumo ao racha, PSB contra-ataca Marina: candidato em 2014 é Campos

do Brasil 247

Após falatório de Marina Silva na mídia, que se colocou como candidata à  presidência, sigla reage: "Não tem isso de discutir lá na frente posição na chapa. A candidatura posta é a de Eduardo e ela vai até o dia da eleição. A cabeça de chapa se chama Eduardo Henrique Accioly Campos e esse será o nome na urna no dia da eleição", afirmou o secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira; senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) também descartou outras 'possibilidades' para 2014: "Os que apostarem em uma disputa entre Eduardo e Marina vão perder. Não tenho nenhuma dúvida de que a Marina fez opção pela candidatura do Eduardo, e essa candidatura vai até o fim".
Após falatório de Marina Silva na mídia, que se colocou como candidata à  presidência, sigla reage: “Não tem isso de discutir lá na frente posição na chapa. A candidatura posta é a de Eduardo e ela vai até o dia da eleição. A cabeça de chapa se chama Eduardo Henrique Accioly Campos e esse será o nome na urna no dia da eleição”, afirmou o secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira; senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) também descartou outras ‘possibilidades’ para 2014: “Os que apostarem em uma disputa entre Eduardo e Marina vão perder. Não tenho nenhuma dúvida de que a Marina fez opção pela candidatura do Eduardo, e essa candidatura vai até o fim”.
Após a repercussão negativa da série de declarações de Marina Silva sobre o futuro do PSB nas eleições de 2014, em detrimento ao projeto de Eduardo Campos, o partido reagiu publicamente em defesa do governador de Pernambuco. Em entrevista à  Folha, a ex-senadora recém-filiada ao partido disse que tanto ela quanto Campos são “possibilidades” para a disputa.

“Não tem isso de discutir lá na frente posição na chapa. A candidatura posta é a de Eduardo e ela vai até o dia da eleição. A cabeça de chapa se chama Eduardo Henrique Accioly Campos e esse será o nome na urna no dia da eleição”, afirmou o secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira, segundo reportagem da Folha.

O senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) também negou a possibilidade de que o governador possa vir a ceder a vaga a Marina, a depender das circunstâncias.

Read more