6 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Eduardo Bolsonaro estaria por trás de ataques a Mourão

Eduardo Bolsonaro estaria por trás de ataques a Mourão

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair, seria o semeador da discórdia contra o vice-presidente Mourão.  ... 

Leia mais

5 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Onyx vai ter que se retirar do governo caso sejam comprovadas ‘ilicitudes’, diz Mourão

Onyx vai ter que se retirar do governo caso sejam comprovadas ‘ilicitudes’, diz Mourão


O general Hamilton Mourão (PRTB), vice-presidente eleito, afirmou nesta terça-feira (5), em Belo Horizonte, que, se encontradas irregularidades na investigação aberta contra o futuro ministro da Casa Civil de Jair Bolsonaro (PSL), Onyx Lorenzoni (DEM-RS), terá que deixar o governo, informa o jornal O Estado de São Paulo. “Uma vez que seja comprovado que houve ilicitude, é óbvio que terá que se retirar do governo. Mas, por enquanto, é uma investigação”, disse Mourão.

Na terça-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin atendeu a pedido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e determinou a abertura de investigação para analisar as acusações de caixa 2 feitas por delatores da J&F ao futuro ministro,

Mourão afirmou ainda que ao menos parte da articulação política do governo poderá ficar sob o comando de militares. O vice de Bolsonaro disse que ele mesmo poderá participar, assim como o futuro secretário de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

De acordo com o depoimento de delatores da J&F, Onyx teria sido favorecido com o pagamento de propinas, via caixa 2, de R$ 100 mil em 2012 e R$ 200 mil em 2014. Leia mais