19 de Abril de 2014
por esmael
15 Comentários

Operação Lava-Jato: Francischini vai pedir cassação de “L.A.”?

O esquema de pagamento de propina que tinha o doleiro Alberto Youssef como operador também atendia em domicílio; uma das entregas foi agendada para o apartamento funcional do deputado federal Luiz Argôlo (BA), em Brasília; A denúncia é da "insuspeita" revista Veja -- aquela que não dá trégua ao petismo e réus do mensalão; será que Francischini, o Batman, agirá com rigor neste caso e pedirá a cassação de seu companheiro de partido ou afrouxará o sutiã? Façam suas apostas.

O esquema de pagamento de propina que tinha o doleiro Alberto Youssef como operador também atendia em domicílio; uma das entregas foi agendada para o apartamento funcional do deputado federal Luiz Argôlo (BA), em Brasília; A denúncia é da “insuspeita” revista Veja — aquela que não dá trégua ao petismo e réus do mensalão; será que Francischini, o Batman, agirá com rigor neste caso e pedirá a cassação de seu companheiro de partido ou afrouxará o sutiã? Façam suas apostas.

O deputado federal Fernando Francischini (Solidariedade) é conhecido no Paraná como Batman, o homem intolerante com o crime e a bandidagem. Em 2012, ele esteve na linha de frente da campanha de Ratinho Júnior (PSC), na disputa pela Prefeitura de Curitiba. Naquela peleja, Gustavo Fruet (PDT), que foi eleito, disse que Curitiba não precisava de um “Batman” para resolver os problemas na segurança pública. Pronto. Desde aquele evento político, é assim como o delegado licenciado da Polícia Federal (PF) se apresenta na capital paranaense, onde está sua principal base eleitoral. Leia mais