Notícias dos EUA: Homem armado com rifle mata 8 no armazém dos Correios em Indianápolis

  • Homem armado com rifle mata 8 no armazém FedEx em Indianápolis
  • Menino de 13 anos foi fuzilado por policial em Chicago
  • Biden pedem ao Congresso legislação de controle de armas

Um homem armado invadiu o armazém na noite de quinta-feira (15/4), atirando fatalmente em oito pessoas e ferindo pelo menos sete outras antes de se matar

A polícia estava trabalhando para identificar o suspeito e procurando um motivo

Nos Estados Unidos, assim como no Brasil, a violência não dá trégua nem na pandemia. O acesso às armas de fogo facilita para os atiradores desencadearem verdadeiros bang-bangs.

As autoridades americanas disseram que, além de 8 mortos, pelo menos outras sete pessoas ficaram feridas. Os policiais acreditam que o atirador se suicidou.

A violência em Indianápolis vem apenas algumas semanas depois de tiroteios consecutivos em massa no mês passado em spas na área de Atlanta e em uma mercearia em Boulder, Colorado, renovando a pressão sobre Washington para resolver os problemas profundos nos EUA com violência armada.

Leia também

Joe Biden lamentou a tragédia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, classificou o tiroteio “apenas o mais recente em uma série de tragédias, seguindo de perto os atiradores disparando em plena luz do dia em spas em Atlanta e arredores da Geórgia. Uma mercearia em Boulder, Colorado, uma casa em Rock Hill, Carolina do Sul, e tantos outros tiroteios.”

“A violência armada é uma epidemia na América”, acrescentou Biden, conclamando o Congresso a aprovar a legislação de controle de armas. “Não devemos aceitar. Devemos agir.”

Veja também  Roberto Jefferson, o "Rambo" do presidente Jair Bolsonaro [vídeo]

Menino de 13 anos fuzilado pela polícia em Chicago

Um menino de 13 anos morreu após ser baleado por um policial de Chicago em 29 de março. Agora, um vídeo mostra que ele estava com as mãos levantadas quando o policial atirou nele.

Em 29 de março, o menino de 13 anos Adam Toledo foi baleado por um policial identificado como Eric Stillman. O menino posteriormente faleceu em conseqüência dos ferimentos.

Na quinta-feira, o vídeo foi divulgado da câmera corporal do policial, uma câmera junto ao corpo usada por oficiais dos EUA, mostrando que o único garoto de 13 anos provavelmente estava levantando as mãos quando foi baleado.

Adam Toledo, de 13 anos, mostra o vídeo, estava com as mãos para o alto quando o policial disparou um tiro que o atingiu no peito.

No Brasil, STF vota suspensão de decretos de armas

Enquanto Biden pede uma lei de controle de armas nos EUA, seu colega no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro, é o principal garoto propaganda das armas de fogo.

Nesta sexta-feira (16/4), o Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar a validade de quatro decretos editados por Bolsonaro que flexibilizaram a compra de armas.

Ao menos dois ministros –Rosa Weber (relatora) e Edson Fachin– já votaram pela suspensão de trechos da lei.

Paralelo ao julgamento no Supremo, o Congresso Nacional trabalha pela derrubada dos decretos de Bolsonaro.