Ratinho Jr. promove jantar a cinco mil reais cada convite

O governador cessante do Paraná, Ratinho Jr., colocou à venda convites para um jantar de confraternização pelo “módico” preço de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) cada.

Um trabalhador assalariado teria de laborar quatro meses – sem gastar nenhum tostão com comida, luz, água, aluguel, transporte ou escola – para poder comer um frango com poleta numa única janta de Ratinho Jr.

A confraternização dos muito ricos foi convocada pelo diretório estadual do PSD do Paraná.

O PSD do Paraná é presidido pelo próprio governador Ratinho Junior.

A expectativa é que o encontro reúna até 3 mil pessoas no restaurante Madalosso, em Curitiba, na terça-feira, dia 2 de agosto.

Pelo valor do ‘jantar mais caro do mundo‘, Ratinho Jr. vai arrecadar cerca de R$ 15 milhões (quinze milhões) só nessa atividade gastronômica.

– Em tempos de fome, desemprego, inflação e desesperança, esse jantar é um acinte àqueles que padecem e sofrem desnutrição no Paraná – protestou o deputado Arilson Chiorato (PT), líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).

O deputado oposicionista acredita que o atual mandatário se encontrará com os empresários beneficiados pela isenção fiscal de R$ 17 bilhões, objeto de insistente denúncia na ALEP nos últimos meses.

De acordo com parlamentar da oposição, até hoje, se desconhece a “lista secreta” dos beneficiados pela biolionária renúncia fiscal de Ratinho Jr.

O deputado não descarta ficar “atrás do toco” durante o jantar para descobrir quem integra a seleta “lista secreta” de agraciados pelo governo estadual. Ou seja, a ideia dele seria cruzar informações.

Além de empresários, o ágape também tende a reunir funcionários comissionados do governo estadual.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.