Gleisi morde enquanto Lula assopra

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), cumprindo o seu papel dirigente, morde o governo do presidente cessante Jair Bolsonaro (PL), que chafurda em mentiras e casos de corrupção, enquanto o ex-presidente Lula assopra rumo ao futuro.

Gleisi comentou as digitais deixadas por Bolsonaro na suposta obstrução de investigação do esquema de corrupção no Ministério da Educação.

– Prova atrás de prova de que Bolsonaro avisou Milton Ribeiro da operação da PF, interferiu na investigação porque sabia do esquema de corrupção no MEC. Crimes de obstrução da justiça e favorecimento pessoal. Agora, quer jogar o pastor às traças como se não fosse com ele. Não cola – disse a dirigente petista.

Enquanto Gleisi morde, Lula assopra e manda uma mensagem de esperança neste sábado (25/06).

– O Brasil está precisando de carinho. De um governo que cuide do povo pobre, do povo trabalhador, de quem vive à beira dos igarapés, da população indígena, dos ribeirinhos. Nosso país vai voltar a ser feliz porque vamos fazer isso, vamos tratar com decência o povo – disse o ex-presidente, que pode vencer a eleição já no primeiro turno, segundo o Datafolha.

Além do “morde e assopra” encarnado por Gleisi e Lula tem o PT, que detona e chuta o balde.

Ainda na sexta-feira (24/06) à noite, a bancada do PT na Câmara protocolou uma notícia-crime contra o presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) no Supremo Tribunal Federal (STF).

Os deputados petistas querem que o atual mandatário seja investigado no âmbito do escândalo de favorecimento na liberação de verbas públicas do MEC para prefeituras.

Na petição, o líder do PT na Câmara, Reginaldo Lopes (PT-MG), destaca que a vinculação de Bolsonaro “com o grupo criminoso antecede a posse do ex-ministro da Educação”. Também aponta que ele seria coautor dos crimes atribuídos ao ex-ministro da Educação Milton Ribeiro.

Para não dizer que eles não falam de economia, Gleisi Hoffmann tem disparado contra a crise econômica provocada pelo neoliberalismo de Bolsonaro e Paulo Guedes, o “sinistro” da Economia.

– Inflação continua alta em junho e fica acima de 12% em um ano. Tudo isso por conta dos preços administrados pelo governo, luz, gasolina… Mas como essa gente não sabe gerir nada, o povo paga a conta da incompetência. A máxima deles é pior que tá, fica – criticou ela.

Lula disse que um eventual novo governo do PT vai fazer investimentos públicos na infraestrutura, valorizar o pequeno empreendedorismo no país e incentivar a criação de pequenas cooperativas para gerar empregos nas comunidades. “E assim vamos fazer esse país voltar a crescer.”

– Governar é mais difícil do que ganhar. Sobretudo quando a tarefa é reconstruir um país. Vamos precisar de todos para governar o Brasil, não apenas para recuperar a nossa democracia, mas também para trazer de volta uma vida digna para o povo – filosofou o ex-presidente, sinalizando para uma trégua nacional a favor do País.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.