Szilveszter Csollany (1997), três anos antes de seu triunfo nas Olimpíadas de Sydney. Foto: aliança / dpa

Campeão olímpico de ginástica morre de Covid-19

Google News

Em Sydney ele ganhou o ouro nos anéis

Notícias chocantes de Budapeste, na Hungria.

Campeão mundial, campeão europeu e campeão olímpico – a vida do ginasta húngaro Szilveszter Csolany (✝51) foi moldada por seus sucessos esportivos. O principal atleta já morreu como resultado de uma infecção por covid-19.

Csolany já havia contraído o vírus em sua cidade natal, Sopron, em novembro. Desde o início de dezembro ele estava na unidade de terapia intensiva, ligada a um pulmão artificial, em estado crítico. Na noite de terça-feira, a Associação Húngara de Ginástica confirmou a morte do atleta de 51 anos.

O húngaro atraiu a atenção do público no verão passado com declarações céticas em sua conta no Facebook.

Enquanto isso, no entanto, as postagens foram excluídas, e o falecido teria sido vacinado com a vacina “Johnson & Johnson” pouco antes de sua infecção. Infelizmente, o efeito veio tarde demais para o atleta.

Veja também  São Paulo x Athletico PR e Fluminense x Internacional agitam o Brasileirão nesta quarta; onde assistir e escalões