PSL decide expulsar Daniel Silveira do partido

Compartilhe agora

O PSL decidiu expulsar o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) do partido, após o vídeo que publicou com ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em nota, a direção nacional do PSL informou que está “tomando todas as medidas jurídicas cabíveis” para a expulsão de Silveira. O comunicado afirma ainda que o partido “repudia com veemência os ataques proferidos” pelo parlamentar, classificados como “inaceitáveis”.

LEIA TAMBÉM
Requião: ‘a prisão do deputado Daniel Silveira é arbitrária’

Flávio Dino disse que “imunidade” não é “impunidade” ao se referir à prisão do deputado Daniel Silveira

Haddad pede a cassação do deputado bolsonarista preso Daniel Silveira

Daniel Silveira foi preso nesta terça-feira (16) por determinação do ministro do STF, Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news na Corte. O deputado bolsonarista publicou um vídeo no qual faz apologia ao AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar, e defende o fechamento do Supremo, o que é inconstitucional.

No vídeo, Silveira ataca seis ministros do STF: Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli.

Assista ao vídeo publicado pelo deputado bolsonarista com ataques aos ministros: