Bolsonaro chuta o balde e, sem máscara, aglomera crianças em desfile de 7 de Setembro

O presidente Jair Bolsonaro deu um péssimo exemplo no desfile de 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil, ao aglomerar crianças no Rolls-Royce presidencial. Ele e os demais ocupantes do automóvel oficial estavam sem máscaras contra a covid-19.

O presidente deu início à cerimônia às 10h com desfile no Rolls-Royce acompanhado de crianças.

Após descer do carro, Bolsonaro cumprimentou apoiadores à distância e não usou máscara de proteção contra a Covid-19. Em seguida, o presidente se juntou a autoridades no Alvorada.

O presidente Jair Bolsonaro participou de solenidade fechada em comemoração à festividade e encontrou com brevemente com apoiadores em Brasília.

Bolsonaro anunciou que fará pronunciamento às 20h em rede nacional desta segunda-feira (7).

LEIA TAMBÉM

  • Condor, apoiador de Bolsonaro, vende arroz a R$ 42 no Paraná
  • 72% querem aulas presenciais somente depois da vacina contra a Covid-19, diz Ibope
  • Presidente Jair Bolsonaro em “alta” em Cornélio Procópio (PR); confira
  • Requião anuncia luto oficial no feriado de 7 de Setembro
  • 7 de setembro: Movimentos sociais realizam 26º Grito dos Excluídos em 18 estados
  • Condor, apoiador de Bolsonaro, vende arroz a R$ 42 no Paraná

    A rede de supermercados Condor, do Paraná, assume-se como bolsonarista de primeira hora. É daquele grupo de “patriotas” a quem o presidente Jair Bolsonaro disse, na sexta-feira (4), que irá apelar para que não abuse dos preços.

    Pois bem, o Condor colocou em suas gôndolas pacote de arroz com cinco quilos a inacreditáveis R$ 42,99.

    O Blog do Esmael fez uma denúncia dos preços abusivos dos alimentos durante a pandemia e o presidente limitou-se à promessa de “conversar” com os donos de supermercados.

    Bolsonaro culpou o auxílio emergencial de R$ 600 pelo aumento de preços, pois, segundo ele, aumentou a circulação de “papel” [dinheiro]. Ou seja, a culpa sempre é do pobre, esse infeliz, que resolveu comer.

    Uma foto com a “oferta” do Condor para o pacote de arroz de 5 kg ganhou as redes sociais durante o feriado da Independência do Brasil.

    “Não vai ter uva passa no arroz, se não tiver arroz”, tuitou o perfil de “Nazaré Amarga”, anexando a foto da etiqueta com o preço na rede de supermercados Condor.