Bolsonaro ataca Lula para justificar imbecilidade contra o Irã

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recorreu ao passado recente do ex-presidente Lula para justificar a imbecilidade, a subserviência da atual “diplomacia poodle” em relação aos Estados Unidos e Israel.

Bolsonaro postou em seu Twitter um recorte de jornal em que o petista está ao lado do ex-presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, em 2009, quando reafirmaram o compromisso com a paz e a democracia.

Em tom jocoso, o presidente Bolsonaro ‘gritou’ no Twitter em caixa alta:

“O POVO QUE ESQUECE SEU PASSADO ESTÁ CONDENADO A PERDER SUA LIBERDADE.”

No mesmo período que o governo do PT fazia política com Irã, o Brasil também era elogiado por todos os países do mundo. Nessa época, Lula era considerado “O Cara” pelo presidente americano Barack Obama.

Agora, no âmbito de sua imbecilidade, Bolsonaro faz de tudo para arrastar a nação brasileiro para um conflito no Oriente Médio que não nos diz respeito.

LEIA TAMBÉM
Investigação do Irã diz que avião ucraniano estava em chamas no ar antes de cair

Lula desmente ‘fake news’ de Bolsonaro sobre acordo nuclear com Irã em 2010

Bolsonaro, sem ter o que dizer, cancela ida a Davos