MP denuncia criminalmente Beto Richa e mais 12 pessoas

O ex-governador Beto Richa (PSDB) e mais 12 pessoas foram denunciadas criminalmente pelo Ministério Público do Paraná nesta terça-feira (25). As denúncias são pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa e fraude em licitação.

Richa foi preso durante a Operação Rádio Patrulha e depois libertado pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

LEIA TAMBÉM: Procurador-geral de Justiça pede suspeição de Gilmar Mendes e volta de Beto Richa à prisão

Segundo a denúncia formulada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), os acusados fraudaram licitações para a implantação de patrulhas mecanizadas em todo o estado.

Além do ex governador, foram denunciados o seu irmão, Pepe Richa, Deonilson Roldo, Joel Malucelli, Ezequias Moreira, Edson Casagrande, Túlio Bandeira, Emerson Savanhago, Robison Savanhago, André Felipe Bandeira, Aldair Petry, Celso Frare e Luiz Abi Antoun.

Com informações da Agência Brasil

Comentários encerrados.