Por Esmael Morais

Requião vence queda de braço no PMDB e mantém convenção no dia 20 de junho

Publicado em 02/06/2014

Senador Roberto Requião vence queda de braço e mantém convenção estadual do PMDB no dia 20 de junho; deputado Luiz Cláudio Romanelli, da ala pró-Richa, propunha antecipar o encontro estadual para 15 de junho; O Palácio Iguaçu tem medo que os deputados migrem para a candidatura do Requião!, diz o deputado federal João Arruda; no último final de semana, Requião deu chance de arrependimento aos parlamentares que flertam com o PSDB de Beto Richa até a convenção; Depois disso não terá perdão!, avisa o pré-candidato.

Senador Roberto Requião vence queda de braço e mantém convenção estadual do PMDB no dia 20 de junho; deputado Luiz Cláudio Romanelli, da ala pró-Richa, propunha antecipar o encontro estadual para 15 de junho; O Palácio Iguaçu tem medo que os deputados migrem para a candidatura do Requião!, diz o deputado federal João Arruda; no último final de semana, Requião deu chance de arrependimento aos parlamentares que flertam com o PSDB de Beto Richa até a convenção; Depois disso não terá perdão!, avisa o pré-candidato.

A executiva estadual do PMDB do Paraná decidiu na noite desta segunda-feira (2) manter a convenção no dia 20 de junho. O organismo dirigente chegou debater proposta de antecipação para o dia 15 de junho.

O argumento dos peemedebistas que torcem pela coligação com o PSDB do governador Beto Richa era de que os jogos da Copa do Mundo e o feriadão de e Corpus Christi atrapalhariam a mobilização do partido.

A outra banda que luta pela candidatura própria do senador Roberto Requião afirmava que era uma tática para driblar a bancada estadual do PMDB, ou seja, evitar que os deputados cobrem o prometido pelo governador.

“O Palácio Iguaçu tem medo que os deputados migrem para a candidatura do Requião”, disse o deputado federal João Arruda.

No último final de semana, Requião estabeleceu prazo até a convenção para o arrependimento dos deputados que flertam com o PSDB de Richa. “Depois não haverá piedade”, afirmou o senador (clique aqui).

Atualizado à s 19h25.