11 de agosto de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro, explica essa: Armas de fogo são causa de morte em 71% dos homicídios no Brasil

Bolsonaro, explica essa: Armas de fogo são causa de morte em 71% dos homicídios no Brasil

Defensor de arma para todos, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) tem muito a explicar. O percentual de homicídios no país cometidos com armas de fogo subiu de 40% para 71% do total, entre o início dos anos 1980 e 2016. ... 

Leia mais

18 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Dispara número de mortes violentas durante intervenção federal no Rio

Dispara número de mortes violentas durante intervenção federal no Rio

A intervenção federal não foi suficiente para conter a disparada de mortes violentas no mês de junho no Rio de Janeiro. Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), ocorreu aumento de 59,79% de homicídios decorrentes de intervenções policiais em comparação ao mesmo mês do ano passado. ... 

Leia mais

19 de novembro de 2013
por Esmael Morais
25 Comentários

Coluna do André Vargas: “Aumenta violência em Curitiba, mas governo Richa manipula índices na mídia”

Quem matou Tayná?!, questiona André Vargas, em sua coluna desta terça, ao afirmar que estrutura da Segurança Pública não previne e não elucida crimes; deputado acusa governador Beto Richa (PSDB) de esconder dados sobre mortes à  bala em Curitiba e região metropolitana; diz ainda que o tucano não tem um plano, pois, segundo o colunista, faltam 7 mil agentes da Polícia Civil para atender 10 milhões de paranaenses; Nem no Iraque morre tanta gente à  bala como em Curitiba

Quem matou Tayná?!, questiona André Vargas, em sua coluna desta terça, ao afirmar que estrutura da Segurança Pública não previne e não elucida crimes; deputado acusa governador Beto Richa (PSDB) de esconder dados sobre mortes à  bala em Curitiba e região metropolitana; diz ainda que o tucano não tem um plano, pois, segundo o colunista, faltam 7 mil agentes da Polícia Civil para atender 10 milhões de paranaenses; Nem no Iraque morre tanta gente à  bala como em Curitiba”, compara o vice-presidente da Câmara, que recomenda: A sociedade paranaense precisa de respostas efetivas e não apenas de discurso!; leia o texto.

por André Vargas* ... 

Leia mais