25 de julho de 2016
por esmael
16 Comentários

Depois de quebrar a Prefeitura, Kireeff desiste da reeleição em Londrina

richa_kireeffO prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, do PSD, jogou a toalha depois de quebrar a Prefeitura. A expectativa é que falte dinheiro para salários em setembro e o sagrado 13º salário do funcionalismo.

28 de novembro de 2014
por esmael
16 Comentários

Enio Verri lamenta calote de Richa aos servidores do Paraná

verri.jpg

O deputado federal eleito, Enio Verri (PT) lamentou o calote do governo Beto Richa (PSDB) aos servidores paranaenses de férias em dezembro e janeiro, hoje pela manhã, em reunião com funcionários públicos do Paraná.

A Secretaria de Administração do Paraná anunciou que, como medida de economia, o pagamento do terço de férias aos servidores paranaenses que gozam do direito nos próximos dois meses será pago apenas no próximo ano e em três parcelas.

De acordo com a secretaria, os cortes se devem as dificuldades em pagar o salário referente ao mês de novembro e o 13!º do funcionalismo. Para o deputado Enio Verri é mais uma irresponsabilidade de um desgoverno que fere o direito dos servidores do nosso Estado.!

12 de novembro de 2014
por esmael
32 Comentários

“Governo do Paraná volta a enfrentar problemas de caixa”, confirma reportagem da Folha de S. Paulo

richa_surf.jpgA repórter Estelita Hass Carazai, da Folha de S. Paulo, na edição desta quarta-feira (12), anota que o fantasma da crise financeira voltou a assombrar o caixa do governo Beto Richa (PSDB) no final deste mandato (clique aqui para ler a íntegra). Leia mais

17 de setembro de 2014
por esmael
34 Comentários

Queda na arrecadação põe em risco 13!º salário dos servidores públicos do Paraná, alertam deputados

Crise de caixa volta a assombrar o governo Beto Richa, que poderá ter dificuldades para honrar, no fim deste ano, o pagamento do 13!º salário do funcionalismo público do estado do Paraná. O alerta foi dado pelos deputados de oposição na sessão de ontem (16), na Assembleia Legislativa, durante prestação de contas do secretário da Fazenda do Paraná, Luiz Eduardo Sebastiani, que confirmou queda na arrecadação e aumento de gastos com funcionalismo a ultrapassar novamente o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).  Em 2013, Richa limpou o caixa até da Paraná Fomento, dinheiro para incentivar as pequenas empresas, para pagar salários de comissionados. Falta de gestão e planejamento!, criticou Requião.

Crise de caixa volta a assombrar o governo Beto Richa, que poderá ter dificuldades para honrar, no fim deste ano, o pagamento do 13!º salário do funcionalismo público do estado do Paraná. O alerta foi dado pelos deputados de oposição na sessão de ontem (16), na Assembleia Legislativa, durante prestação de contas do secretário da Fazenda do Paraná, Luiz Eduardo Sebastiani, que confirmou queda na arrecadação e aumento de gastos com funcionalismo a ultrapassar novamente o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Em 2013, Richa limpou o caixa até da Paraná Fomento, dinheiro para incentivar as pequenas empresas, para pagar salários de comissionados. Falta de gestão e planejamento!, criticou Requião.

Os deputados estaduais Elton Welter e Enio Verri, ambos do PT, questionaram ontem na sessão da Assembleia Legislativa do Paraná a capacidade de o governo Beto Richa (PSDB) honrar com o pagamento de obrigações trabalhistas com os servidores públicos do estado, tais como o 13!º salário. Leia mais

24 de junho de 2014
por esmael
19 Comentários

Decreto de Richa anuncia novos cortes para garantir 13!º do funcionalismo

Em crise financeira e de gestão sem precedentes na história do Paraná, o governador Beto Richa (PSDB) decretou novos cortes nas despesas da administração direta e indireta até 31 de dezembro de 2014. O esforço do tucano é para fazer caixa visando o pagamento do ameaçado 13!º salário do funcionalismo público estadual.

O decreto de Richa determina que qualquer despesa “excepcional”, que não esteja empenhada, necessita de autorização prévia da Secretaria da Fazenda sob pena de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Ou seja, atos que gerem gastos com pessoal — como aumentos nos salários e contratações — estão expressamente proibidos pela atual gestão.

O governo do PSDB se esmerou nos últimos meses em produzir imagens de policiais e bombeiros empurrando viaturas sem combustível pelas ruas de várias cidades paranaenses. Também aplicou calote em fornecedores e deixou faltar o leite das crianças, ao não pagar os produtores do alimento, e merenda nas escolas, dentre outras barbaridades.

Veja a íntegra do decreto de Beto Richa:

http://www.uepg.br/Banner_Portal/2014/Of.CIRCULAR_Conten%C3%A7%C3%A3oDespesas.pdf

17 de dezembro de 2013
por esmael
66 Comentários

Requião sobre Richa antecipar o 13!º salário aos servidores: “Com fogo no rabo até preguiça corre”

Pelo Twitter, senador Roberto Requião comenta anunciou do governador Beto Richa sobre antecipação do pagamento do 13!º salário aos servidores públicos: "Com fogo no rabo até preguiça corre", disse o senador, respondendo a um tuíte de Professor Paixão, um dos diretores da APP-Sindicato; até semana passada, antes da liberação de empréstimo internacional pelo Bird, era incerto o dinheiro na conta do funcionalismo paranaense.

Pelo Twitter, senador Roberto Requião comenta anunciou do governador Beto Richa sobre antecipação do pagamento do 13!º salário aos servidores públicos: “Com fogo no rabo até preguiça corre”, disse o senador, respondendo a um tuíte de Professor Paixão, um dos diretores da APP-Sindicato; até semana passada, antes da liberação de empréstimo internacional pelo Bird, era incerto o dinheiro na conta do funcionalismo paranaense.

O senador Roberto Requião, pré-candidato ao governo do Paraná pelo PMDB, pelo Twitter, comentou a “façanha” do governador Beto Richa (PSDB) que anunciou antecipação do pagamento do 13!º salário do funcionalismo público para amanhã (18): Leia mais

16 de dezembro de 2013
por esmael
8 Comentários

Pressionado, governo Richa recua de privatização na saúde

Deputado Gilberto Martin, que é médico de profissão, nesta segunda, comemorou o recuou do governo Richa que retirou da pauta projeto que privatizava a saúde no estado; segundo o parlamentar do PMDB, criação da Fundação Estatal de Atenção em Saúde era temerária; na sexta, em nota, entidades sindicais alertaram para o risco de prisões de membros do governo, caso cometessem ilegalidades; retirada do projeto foi encaminhada pelo líder do governo Richa, deputado Ademar Traiano, que aproveitou as galerias cheias de servidores para anunciar antecipação do pagamento do 13!º salário para esta quarta (18).

Deputado Gilberto Martin, que é médico de profissão, nesta segunda, comemorou o recuou do governo Richa que retirou da pauta projeto que privatizava a saúde no estado; segundo o parlamentar do PMDB, criação da Fundação Estatal de Atenção em Saúde era temerária; na sexta, em nota, entidades sindicais alertaram para o risco de prisões de membros do governo, caso cometessem ilegalidades; retirada do projeto foi encaminhada pelo líder do governo Richa, deputado Ademar Traiano, que aproveitou as galerias cheias de servidores para anunciar antecipação do pagamento do 13!º salário para esta quarta (18).

O barulho ensurdecedor nas galerias da Assembleia Legislativa do Paraná, na tarde desta segunda (16), ajudou a pressionar o governo Beto Richa (PSDB) a recuar na votação do projeto que privatizava a saúde no estado. Já no início da sessão, o líder do governo, Ademar Traiano (PSDB), anunciou a retirada da mensagem que cria a Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná (FUNEAS-PARANà). Leia mais