Sob Lula, Mais Médico cresceu 105% em 2023

Em um balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, podemos constatar que o programa Mais Médicos experimentou um impressionante aumento de 105% no número de profissionais atuando no ano de 2023.

Com 28,2 mil vagas preenchidas em 82% do território nacional, o programa impactou positivamente a vida de cerca de 86 milhões de pessoas em todo o país.

Esse aumento expressivo de profissionais demonstra a preocupação do governo do presidente Lula (PT) em ampliar o acesso à saúde de qualidade para a população.

Ao longo desse período, 744 novos municípios passaram a ser atendidos pelo Mais Médicos, levando os benefícios do programa a regiões antes carentes de assistência médica.

É importante ressaltar que todos os 34 distritos sanitários indígenas também foram integrados ao programa, representando um avanço significativo na atenção à saúde dessa população que historicamente enfrentou desafios de desassistência.

Economia

No território Yanomami, por exemplo, o número de profissionais de saúde aumentou de nove para 28, um marco que reflete diretamente na qualidade de vida e na saúde dessa comunidade.

No total, 977 novos profissionais passaram a atuar na saúde indígena, contribuindo para a redução das desigualdades e para o fortalecimento da atenção à saúde dessas populações.

É relevante destacar que, em edições anteriores, 41% dos participantes do programa optaram por desistir devido à falta de perspectivas profissionais.

No entanto, a partir da retomada em 2023, o Mais Médicos implementou medidas que trouxeram oportunidades de qualificação e aperfeiçoamento para os profissionais, além de oferecer incentivos e benefícios, tornando o programa mais atrativo e promissor para os médicos que desejam contribuir com a saúde pública do país.

O Mais Médicos é considerado pelo governo federal uma estratégia nacional fundamental para a formação de especialistas em saúde.

A expectativa é que nos próximos anos cada equipe de saúde da família possa contar com um especialista, o que promoverá uma melhoria significativa na qualidade do atendimento oferecido à população.

Atualmente, o Brasil registra mais de 50 mil equipes de saúde da família e mais de 10 mil médicos de família e comunidade, números que refletem o comprometimento do programa com a promoção da saúde no país.

O aumento de 105% no número de profissionais atuando no programa Mais Médicos em 2023 é um marco significativo na busca por uma saúde mais acessível e de qualidade para todos os brasileiros.

Com a ampliação do atendimento a novos municípios e a inclusão dos distritos sanitários indígenas, o programa tem se mostrado um importante aliado na redução das desigualdades em saúde.

Além disso, os incentivos e oportunidades de qualificação oferecidos aos médicos demonstram o compromisso do governo em fortalecer a área da saúde no Brasil.

O Mais Médicos não é apenas um programa de sucesso, mas também uma estratégia nacional para a formação de especialistas que promete melhorar ainda mais a assistência médica em nosso país.

Com esses avanços, o futuro da saúde brasileira se apresenta promissor, com equipes de saúde mais qualificadas e uma população mais bem atendida em suas necessidades de saúde, afirma o governo Lula.