Queda de Sergio Moro nas pesquisas faz Ratinho Junior repensar apoio a Alvaro Dias no Paraná [ouça]

Queda de Sergio Moro nas pesquisas faz Ratinho Junior repensar apoio a Alvaro Dias no Paraná [ouça]

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), está repensando acordo pela reeleição do senador Alvaro Dias (Podemos-PR), após a queda do ex-juiz suspeito Sergio Moro (Podemos) nas pesquisas de intenção de voto à Presidência da República.

Moro tinha 10% no levantamento da Quaest Genial, no dia 8 de dezembro, enquanto o Ipec (antigo Ibope) mostrou Moro com apenas 6% na terça-feira (14/12).

A jornalista Mareli Martins registrou em sua página, Blog da Mareli Martins, entrevista de quarta-feira (15/12) com o chefe da Casa Civil do Paraná, Guto Silva (PSD), na qual ele comunica seu retorno antecipado ao cargo de deputado, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), pensando na disputa por uma vaga no Senado. Ou seja, o governador mandou seu dileto amigo entrar no aquecimento.

Ouça aqui trecho da entrevista de Guto Silva, pré-candidato ao Senado de Ratinho Junior

Sergio Moro teve “crescimento” de “rabo de cavalo” nas pesquisas, para baixo, de 10% caiu para 6%

Sergio Moro pode “afrouxar a tanga” na corrida presidencial de 2022

Que fase! Sergio Moro procura Michel Temer, o “Vampirão Neoliberalista”

O diabo é que Ratinho Junior tinha prometido o mesmo apoio ao Senado para Alvaro Dias, lembra a diligente repórter Mareli Martins.

Em entrevista no dia 4 de novembro, para a excelente repórter da Rádio Clube, de Ponta Grossa, o senador Alvaro Dias revelou que há um compromisso do Podemos para a candidatura de Ratinho Junior à reeleição, mas se não houver uma aliança, o Podemos poderá lançar candidatura própria ao Governo do Paraná.

“Se não houver uma aliança com o governador do Paraná, o Podemos terá candidatura própria ao Governo do Estado. Nós temos um compromisso preliminar com o governador Ratinho Junior, dessa forma, não teremos candidato ao governo. Da nossa parte o compromisso está mantido. Mas se esse compromisso não se confirmar, se não houver interesse do governador nessa essa aliança, o Podemos terá um candidato a governador”, disse Alvaro Dias.

Ouça o que disse Alvaro Dias sobre o suposto apoio de Ratinho Junior

Segundo fontes no Palácio Iguaçu, o quadro mudou. Esperava-se de Sergio Moro uma onda, um furacão, que emparedasse Jair Bolsonaro (PL) na disputa presidencial. Não ocorreu. Além disso, pesquisas qualitativas apontam efeito “peso morto” do ex-juiz na disputa do Paraná.

“Devo antecipar minha volta para a Assembleia Legislativa do Paraná, justamente para me dedicar no projeto da candidatura ao Senado. Estamos aguardando o desenho eleitoral para tudo isso. O Paraná precisa de alternativas para que o eleitor possa escolher, não podemos trabalhar com o resta um. Estou trabalhando para colocar o meu nome à disposição para a disputa ao Senado”, disse Guto Silva, que já começou a sondar apartamentos funcionais em Brasília.

Resumo da ópera: Alvaro pode perder apoio de Ratinho Jr, que vai de Guto Silva, ao Senado, devido ao “efeito colateral” do fiasco Sergio Moro.