Francischini cassado, confirma 2ª Turma do STF

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou uma liminar do ministro Nunes Marques, que, em decisão monocrática, tinha devolvido mandato a Fernando Francischini (União-PR).

Por 3 votos a dois, o colegiado restabeleceu a decisão original do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a cassação de Francischini.

A íntegra do vídeo que cassou Francischini por fake news; assista

Em outubro do ano passado, por 6 votos a 1, o TSE cassou o mandanto do então deputado federal Fernando Francischini por disseminar fake news contra as urnas eletrônicas na eleição do primeiro turno de 2018.

Os ministros indicados pelo presidente cessante Jair Bolsonaro (PL) – Nunes Marques e André Mendonça – votaram pela manutenção do mandato de Francischini, enquanto Edson Fachin, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes defenderam a tese de cassação do parlamentar bolsonarista.

Veja também  O impeachment de Witzel é a prova de que a política tem que voltar para os políticos